segunda-feira, 27 de maio de 2013

EPM/SPDM histórias de gente, ensino e atendimento à saúde - Organização de Ana Lúcia Lana Nemi

EPM/SPDM histórias de gente, ensino e atendimento à saúde

Organização de

Ana Lúcia Lana Nemi





Tamanho: 16cm x 40cm
   
    Páginas: 304
    Edição: 1
    Ano: 2013

O Resgate da historia muitas vezes parece esbarrar em fantasias como as de Indiana Jones, e o que estes seis pesquisadores, alunos coordenados pela professora Ana Lúcia Lana Nemi foi um verdadeiro trabalho de fôlego. Dos porões da EPM e a outros porões não menos infectos da repressão e da corrupção surge a salvo dos cupins, muito do que foi e o que se transformou na EPM/SPDM .

   
O LIVRO
    A sociedade civil epm – estabelecida ao longo dos anos de 1930 –, visando a organizar o curso da segunda escola médica de São Paulo e a fundar um hospital onde fosse possível instituir o ensino de clínicas, manteve peculiar relação com os poderes públicos, por depender de subvenções do governo. Vivenciando intensas crises econômicas e políticas, a Escola foi conduzida ao processo de federalização e de criação da Universidade Federal de São Paulo.


A AUTORA
    Organizado por Ana Nemi, especialista em história e historiografia da saúde pública e professora de história contemporânea da Unifesp, o livro despertará a atenção não apenas de historiadores, mas também daqueles interessados em conhecer e estudar um importante ramo do sistema público de saúde no Brasil.
   

LANÇAMENTO

O retrato na pintura italiana do Renascimento de Jacob Burckhardt

Gostaríamos de ressaltar que este livro foi uma co-edição da Editora Unicamp com a editora Fap-Unifesp 

 





O retrato na pintura italiana do Renascimento

de Jacob Burckhardt

Cássio Fernandes (org.)

Cássio Fernandes (trad.)

 

Este é um livro imprecindível para os amantes da pintura classica italiana. Aqui Jacob Burckhardt nos atinge em cheio ao esmiuçar as obras e sua história, atentando para detalhes que só um expert poderia enumerar. Um livro instigante que sem uma unica reprodução impressa nos faz mergulhar em belos e provocativos quadros e retratos. 






O historiador suíço Jacob Burckhardt inaugurou o campo dos estudos modernos sobre a civilização italiana do Renascimento. Nas últimas décadas de sua vida, Burckhardt dedicou-se a uma longa pesquisa sobre a arte italiana do Renascimento, compondo uma série de escritos sobre o tema, a maior parte editada apenas postumamente. A presente edição consiste na organização, na tradução para o português e na apresentação dos textos do autor sobre a retratística pictórica renascentista. O retrato na pintura italiana do Renascimento compõe-se do texto que intitula o volume, redigido entre 1893 e 1895, além do Apêndice formado por outros três escritos do autor: “Rafael retratista” (1882), “As origens da retratística moderna” (1885) e “Michelangelo furioso” (1895).




O AUTOR
Jacob Burckhard
t (1818-1897) iniciou os estudos acadêmicos em sua cidade natal, Basileia (Suíça). Entre 1839 e 1843, estudou história na Universidade de Berlim, onde foi aluno de Leopold von Ranke, Gustav Droysen e Franz Kugler. Ensinou inicialmente no Instituto Politécnico de Zurique e, em 1858, assumiu a cátedra de história na Universidade de Basileia. Em 1874, criou e assumiu, na mesma universidade, a cátedra de história da arte, da qual se aposentou em 1893, dando lugar a seu ex-aluno Heinrich Wölfflin. Entre suas obras mais importantes estão A era de Constantino, o Grande (1853), O cicerone (1855) e A cultura do Renascimento na Itália (1860). Grande parte de sua obra foi editada postumamente: História da cultura grega, Reflexões sobre a história, além de uma série de livros sobre a arte italiana do Renascimento, compostos na fase final de sua vida. Organizador: Cássio Fernandes é doutor em história pela Universidade Estadual da Campinas (Unicamp) e professor de história da arte do Renascimento no Departamento de História da Arte da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). É autor da tese “A figura do homem entre palavra e imagem: autobiografia e retrato pictórico no Renascimento de Jacob Burckhardt”.






LANÇAMENTO DA









 

Os gatos de Copenhague de James Joyce

Os gatos de Copenhague
de James Joyce


Tradução: Dirce Waltrick do Amarante.
Ilustrações: Michaella Pivetti.


 
No de Paginas:
24


De Copenhague, Dinamarca, James Joyce manda por carta uma história para o seu neto Stephen Joyce, narrando a assombrosa inexistência de felinos nessa famosa capital.

Tendo sido descoberta apenas recentemente, a história fantástica do escritor irlandês é oferecida agora às crianças brasileiras numa edição ilustrada sob o título Os gatos de Copenhague.



UM LANÇAMENTO




SEGREDO - Sem julgamentos. Sem limites. Sem vergonha de L. Marie Adeline

SEGREDO - Sem julgamentos. Sem limites. Sem vergonha

de L. Marie Adeline


Tradutor: Cecilia Giannetti
Páginas: 224
Formato: 16 cm x 23 cm




Na esteira dos livros eróticos que ganham cada vez mais leitores, sobretudo os do universo feminino, S.E.G.R.E.D.O. – Sem Julgamentos. Sem Limites. Sem Vergonha foi a obra mais disputada de temática sexual na última feira de Frankfurt, em outubro de 2012. Ao contrário de outros romances que retratam situações e pessoas quase irreais, S.E.G.R.E.D.O. traz como protagonista uma mulher como muitas que deixou sua sexualidade de lado – e que não vê a hora de retomá-la. Como disse a própria escritora em entrevista recente: “Já estava mais do que na hora de sermos autoras de nossas próprias fantasias e não as responsáveis por realizar as fantasias dos homens”.

Obra de L. Marie Adeline, pseudônimo de uma autora canadensa, produtora de TV, S.E.G.R.E.D.O. apresenta um tipo de literatura erótica que traz à tona, pouco a pouco, a força feminina. Ela se desenvolve com autonomia e segurança dentro da protagonista ao longo de suas provações. Cassie, uma viúva de 35 anos que vive sem nenhum luxo em um quarto alugado, trabalha como garçonete em Nova Orleans e tem uma vida amorosa nula, deixa para trás as incertezas que a marcaram durante seu casamento com um marido alcoólatra e egoísta para descobrir seu potencial como mulher.

Cassie é chamada a participar de uma sociedade secreta essencialmente feminina, que tem por objetivo “ajudar mulheres a entrar em contato com seu lado sexual. E, assim fazendo, elas tornam a ter contato com a parte mais poderosa de si mesmas. Um passo de cada vez”, e 10 Passos no total.

Dentro de S.E.G.R.E.D.O., as integrantes são convidadas a redescobrir sua feminilidade e sensualidade a partir das fantasias que elas mesmas escolhem (mesmo sem saber ao certo como ou quando elas se realizarão). Os homens, neste contexto, apenas ajudam a organização a realizar os desejos mais íntimos das participantes em cada um de seus 10 Passos. Ao longo dessas etapas, elas ganham a confiança para buscar novos amores: o seu amor próprio e o de uma nova paixão.

Para identificá-la como membro da organização, Cassie ganha um bracelete no qual vai adicionando talismãs, que recebe a cada etapa completada. Os 10 Passos começam pela Rendição e testam sua Coragem, Fé, Generosidade, Destemor, Confiança, Curiosidade, Bravura, Exuberância e, por fim, dão a Cassie uma Escolha: a chance de continuar como parte de S.E.G.R.E.D.O. ou optar por uma vida fora da sociedade. E você, aceitaria o convite?



LANÇAMENTO




A montanha prateada de Catherine Cooper



A montanha prateada

de Catherine Cooper


Título Original: Silver Hill
Tradutor: Maria de Fátima Oliva Do Coutto

Coleção: As aventuras de Jack Brenin
Páginas: 280
Formato: 16 x 23 cm




Leitura obrigatória para os fãs de aventura e magia

Após A Noz de Ouro e O Portal de Glasruhen, Catherine Cooper, autora vencedora do Brit Writers Awards, apresenta o volume mais esperado da série As Aventuras de Jack Brenin: A montanha prateada. Presente nas principais listas de mais vendidos da Inglaterra, a série já vendeu mais de 500 mil exemplares no Reino Unido.

Tentando equilibrar as exigências da sua vida “real” e as necessidades e obrigações que tem como O Eleito de um universo mágico, Jack Brenin precisará evitar sozinho que os últimos dragonetes restantes na Terra sejam assados em um banquete dos Spriggans. Usando seu Livro das Sombras como guia e com seus amigos Camelin, o corvo, e Timmery, o morcego, Jack parte para o ataque na montanha prateada.

Neste terceiro volume, Jack terá que explorar o seu potencial ao máximo, tomar atitudes maduras e decisões importantes, além de enfrentar enormes desafios para ajudar seus amigos e, por fim, resolver os problemas em Annwn.

Catherine criou uma história para todas as idades que fará com que os mais velhos e mais experientes sejam transportados à época de uma juventude já esquecida. A trama é bem-elaborada e rapidamente os leitores perderão as noções de tempo e espaço. Alguns dos ingredientes que tornam a obra tão especial são o senso de magia e o charme intrínseco à narrativa.

A série As aventuras de Jack Brenin já vendeu mais de 3 milhões de exemplares em todo o mundo.

Saiba mais em www.asaventurasdejackbrenin.com.br

A AUTORA
Nascida em Wellinton, Shropshire, Catherine Cooper foi professora primária durante 29 anos antes de decidir que adoraria escrever para crianças. Até o momento, publicou três livros que promoveu e distribuiu sozinha. O amor de Catherine por história, mitos e lendas e pela região rural de Shropshire ganham brilho graças a suas encantadoras histórias.


Lançamento










  

********
 

Puro de Andrew Miller

  

Puro

de    Andrew Miller

Título Original:     Pure
Tradutor:     Regina Lyra

Páginas:     378
Formato:     16 x 23 cm

  

Uma metáfora de um país à beira da revolução

Vencedor do Costa Book Prize e considerado pelo The Guardian um dos dez melhores romances históricos de todos os tempos, Puro, de Andrew Miller, analisa de maneira inteligente, por meio de fatos, a sociedade francesa quatro anos antes da Revolução.

1785. Jean-Baptiste Baratte, um jovem engenheiro iluminista, tido como amante de Voltaire, recebe uma missão desafiadora do rei Luís XVI: livrar-se da igreja e do cemitério de Les Innocents. No início, o protagonista percebe nessa empreitada uma chance de limpar o fardo da história, a tarefa perfeita para um homem moderno, do futuro, da razão. Ele logo sente, porém, que a igreja e o cemitério são apenas prenúncios de uma queda maior que ainda está por vir.

Miller utiliza seu herói, Jean-Baptiste, e a destruição da igreja e do cemitério como formas de dramatizar uma das grandes questões do Iluminismo: qual é a situação do passado? É algo a ser valorizado e preservado ou deveria ser simplesmente esquecido? Esse aniquilamento é utilizado pelo autor como uma metáfora do progresso e da disposição de deixar o passado corrupto e tirânico para trás.

Puro possui um estilo elegante, é primorosamente escrito e tem um final diferente do que o leitor possa imaginar. Um livro sobre a impureza da sociedade da época, o que o protagonista reconhece como a sujeira do mundo. Uma trama que se resume a favor da bagunça, do enfrentamento.



A CRITICA
“Miller escreve como um poeta, com uma simplicidade enganosa. Suas frases e imagens são destilações intensas, evocando com clareza os detalhes fugazes da existência.” (The Guardian)

“Sua recriação da Paris pré-Revolução é extremamente vívida e imaginativa, e a história é tão emocionante que você não vai parar de ler.” (The Times)

“Poderoso e surpreendente. Ao concentrar-se nos personagens e atalhos da história, Miller evoca de forma estranhamente tangível um mundo que já não existe.” (Financial Times)

O AUTOR

Andrew Miller won the prestigious Costa Book of the Year in 2011 for his novel Pure.
He gained a PhD in Creative Writing at Lancaster University in 1997, the same year his first novel, Ingenious Pain, was published.
He says studying at Lancaster provided the space he needed to embark upon his award-winning literary career.



Lançamento





  

O filho renegado de Deus de Urariano Mota



   

O filho renegado de Deus

de  Urariano Mota


Páginas:     350
Formato:     16 x 23 cm

  

Para a mulher que não é respeitada como pessoa e para os homens que não podem viver em uma sociedade tão mutiladora

O filho renegado de Deus, novo romance de Urariano Mota, faz uma denúncia e uma longa oração de amor para as mulheres vítimas da opressão cultural e de classes no Brasil. Para isso, tece histórias e personagens que trafegam por realidades sociais e políticas diferentes entre si, aprofundando o efeito devastador das injustiças e dos preconceitos sobre a humanidade.

O romance traz as lembranças de Jimeralto sobre a falecida mãe, após um encontro que o faz reviver o trauma pela perda. As memórias do protagonista passeiam, de modo refinado, pelos personagens da vila miserável onde ele vivia quando jovem, quase um cortiço, com descrições de episódios e de personagens que não temem momentos de adversidade.

Além da narrativa afiada e sofisticada, um dos pontos fortes do livro são os personagens marcantes, como o casal Esmeralda, mulher bonita que todos cobiçam, e Cicílio, candidato a corno, além do seu filho Nininho, que sofre com a popularidade da mãe; as muitas Marias, identificadas pela letra que marca a casa; e Selma, primeiro amor de Jimeralto.

Neste romance, o ajuste, o coração e o lirismo andam juntos, unidos, porque o livro pune e desnuda. O cotidiano da vila e de seus moradores envolve o leitor e o conquista pelo seu conteúdo humano e dramático.


O AUTOR

Urariano Mota é escritor, jornalista e autor de Soledad no Recife. Antes, publicou Os corações futuristas, romance que narra a formação de jovens durante a ditadura Médici. Atualmente, é colunista do Direto da Redação e colaborador do Vermelho. Este é seu primeiro livro pela Bertrand Brasil.







quarta-feira, 22 de maio de 2013

Oficina de formatação de projetos tem nova edição neste sábado




A Fundação Cultural de Curitiba promove neste sábado (25), das 9h às 12h e das 14h às 17h, mais uma edição da Oficina de Formatação de Projetos. A iniciativa é voltada aos interessados em participar dos editais do Fundo Municipal da Cultura, uma das modalidades do Programa de Apoio e Incentivo à Cultura da Prefeitura de Curitiba, que concede apoio financeiro para a realização de projetos nas diversas áreas artísticas.

O encontro é gratuito e tem como endereço a sede da Fundação Cultural de Curitiba (Rua Engenheiros Rebouças, 1.732 – Rebouças), sob a orientação de José Augusto Gemba Rando. As reuniões anteriores, realizadas em 23 de fevereiro, 23 de março e 27 de abril, contaram com a participação de um público numeroso, sendo que novas edições já estão agendadas até o final do ano, nas seguintes datas: 22 de junho, 31 de agosto, 28 de setembro, 26 de outubro e 30 de novembro, sempre no horário das 9h às 12h e das 14h às 17h.

A proposta da oficina é preparar os proponentes para a formatação de projetos de qualquer edital. Para isso, os participantes recebem informações teóricas e práticas. No período da manhã, acontece a abordagem teórica sobre os itens que compõem um projeto, com ênfase na definição do foco e na elucidação das necessidades e objetivos. À tarde, as informações são fixadas por meio da definição de um plano de ação, estabelecendo-se metas e indicadores. A confirmação de inscrição deve ser feita pelo telefone (41) 3213-7511, que também fornece mais informações, ou pelo endereço eletrônico paicatendimento@fcc.curitiba.pr.gov.br.



Serviço:

Oficina de Formatação de Projetos, promovida pela Fundação Cultural de Curitiba, com entrada franca.

Datas: encontro no dia 25 de maio (sábado), com as próximas reuniões já agendadas para as seguintes datas: 22 de junho, 31 de agosto, 28 de setembro, 26 de outubro e 30 de novembro de 2013.

Horário: sempre das 9h às 12h e das 14h às 17h.

Local: sede da Fundação Cultural de Curitiba (Rua Engenheiros Rebouças, 1.732 – Rebouças)

Informações: (41) 3213-7511 / paicatendimento@fcc.curitiba.pr.gov.br.

Dupla Zezé Chagas e Simões é atração do Conservatório de MPB de Curitiba




 

O Conservatório de Música Popular Brasileira de Curitiba recebe nesta sexta-feira (24) a dupla Zezé Chagas e Simões, para a apresentação do show “Tocando o Azul”. Com um repertório genuinamente brasileiro, o espetáculo reúne 16 canções de autoria de Simões e do cancioneiro popular, entremeadas por poemas e histórias das andanças da dupla em duas décadas de estrada. A apresentação será às 19h30, no Auditório Nhô Belarmino.

As canções são sempre inspiradas no cotidiano, recolhendo dele a poesia escondida.  São histórias do interior do Brasil, sobretudo da região da Mantiqueira, e também do litoral norte de São Paulo e do litoral paranaense. A dupla vem apresentando este show há dois anos. Os dois cantam, Simões toca violão e viola caipira, enquanto Zezé Chagas faz os efeitos de percussão.



Serviço:

Show “Tocando o azul”, com Zezé Chagas e Simões.

Local: Auditório Nhô Belarmino – Conservatório de MPB (Rua Mateus Leme, 66).

Data e horário: 24 de maio de 2013 (sexta-feira), às 19h30.

Ingressos: R$ 10

Informações: (41) 3321-3208

PROGRAMAÇÃO CINEMATECA | 24 A 30 DE MAIO DE 2013




De 24 a 26 – 20h



MOSTRA “FILMES CLÁSSICOS BRASILEIROS DOS ANOS 60”



Mostra em parceria com a Programadora Brasil



Ingresso gratuito para todos os filmes da mostra



Dia 24 – 20h



O PAGADOR DE PROMESSAS (SP, 1962 – 91’ – ficção – p&b – digital).



Direção: Anselmo Duarte. Elenco: Leonardo Vilar, Glória Menezes , Dionisio



Azevedo.



Único filme brasileiro a conquistar a Palma de Ouro do Festival de Cannes,



além de outros prêmios internacionais.  O Pagador de Promessas é fruto



da tenacidade de Anselmo Duarte em passar da condição de galã à de



grande diretor de cinema. A peça homônima de Dias Gomes retrata um herói



popular às voltas com o poder constituído. Sua adaptação para as telas foi



um marco de excelência no cinema brasileiro, que vivia fase de transição



entre o pensamento industrial e a nova consciência da década de 1960.



Interpretado com garra por Leonardo Vilar depois de emagrecer 12 quilos, Zé



do Burro encarnou a teimosia e a autenticidade do povo em oposição às forças



pseudomodernizadoras e à intolerância das instituições. Um personagem



inesquecível à frente de um filme clássico.



Classificação livre



Dia 25 – 20h



DEUS E O DIABO NA TERRA DO SOL (BA, 1964 – 125’ – ficção -  p&b –



digital). Direção: Glauber Rocha. Elenco: Geraldo Del Rey, Yoná Magalhães,



Maurício do Valle.



Um dos grandes marcos do Cinema Novo, o segundo longa-metragem do



cineasta Glauber Rocha se apodera da linguagem do cordel para mergulhar



no Nordeste do cangaço, do fanatismo religioso, da miséria e do poder cruel



dos coronéis. O resultado é uma obra-prima barroca, atravessada por lirismo



cortante e grandeza épica, que explora a árida paisagem da região com rara



força dramática e simbólica. O uso da música de Heitor Villa-Lobos contribui



para fazer de Deus e o Diabo na Terra do Sol um clássico imprescindível.



Classificação 14 anos



Dia 26 – 20h



O BANDIDO DA LUZ VERMELHA (SP, 1968 – 92’ – ficção – p&b – digital).



Direção: Rogério Sganzerla. Elenco: Paulo Villaça, Luiz Linhares, Helena



Ignêz.



Bastou um primeiro longa-metragem para Rogério Sganzerla selar seu nome



na linha de frente da cultura brasileira. O Bandido da Luz Vermelha é um dos



filmes mais influentes da nossa história, grande sucesso de crítica e bilheteria



em sua época. Lançou as bases do chamado Cinema Marginal, que se opunha



ao Cinema Novo por substituir o corpo a corpo direto com a realidade pela



relação com os signos, o simulacro, o escrachado. Uma estética “suja” e



sofisticada ao mesmo tempo, em diálogo aberto com a Nouvelle Vague, Orson



Welles, a Boca do Lixo e a cultura de massa. Um clássico que nunca deixou de



ser contemporâneo.



Classificação 16 anos



Dia 28 – 18h e 20h



PROJETO VOLTA ÀS TELAS



Exibição do filme OS ÍNDIOS XETÁS NA SERRA DOS DOURADOS  ( PR,



1955 – 46’ – documentário – 16mm). Direção: Wladimir Kozak e José Loureiro



Fernandes



Documentário sobre os Índios Xetás na Serra dos Dourados, no Norte Novo



Paranaense. Seus costumes e hábitos de caça, alimentação, habitação e



artesanato.



Classificação livre



Ingresso gratuito



Dia 29 – 20h



Lançamento de UM FILME DE BONECOS (BR/PR, 2013 – 18’ – doc - digital).



Direção: Tulio Viaro



Três bonecos decidem fazer um filme. O resultado é um documentário sobre



eles mesmos. Eles entrevistam seus próprios criadores e discutem sobre a



condição e natureza dos bonecos.



Após a exibição, debate com o realizador do filme



Classificação  livre



Ingresso gratuito



Cinemateca



Rua Carlos Cavalcanti, 1174, São Francisco



Horário de funcionamento: segunda a sexta-feira, das 9h às 12h e das 14h às



22h30. Sábados e domingos, das 14h30 às 22h30.



Informações: (41) 3321-3252

Camerata Antiqua apresenta obras de Schubert





A Camerata Antiqua de Curitiba apresenta-se na Capela Santa Maria Espaço Cultural nesta sexta-feira (24), às 20h, e no sábado (25), às 18h30, com regência e comentários de Osvaldo Colarusso. O concerto integra a temporada de apresentações 2013 da Camerata, patrocinada pelo Ministério da Cultura e pela Volvo.

No programa, obras do compositor austríaco Franz Schubert, como Der Goldenfahrer (O Gondoleiro), Nachthelle (Brilhos da Noite), Städchen (Serenata), Mirjam’s Siegesgesang (Canto de Vitória de Miriam), Gesang der Geister über den Wassern (Canto dos Espíritos sobre as Águas) e Missa Nº 2 em Sol maior.



Fé – Uma das marcas na curta vida de Schubert (1797-1828) foram as especulações sobre sua fé religiosa. De família católica, ele compunha obras sobre textos sacros, mas não deixava de questionar aspectos da Igreja.

Depois de adulto, mesmo depois de abraçar ideias humanistas, influenciado pela poesia de Goethe, Schubert continuou dedicando suas obras às cerimônias públicas da igreja, um caminho seguro para quem aspirasse algum prestígio profissional na Viena do século XIX.



Maestro – O regente paulista radicado no Paraná Osvaldo Colarusso nasceu em 1958. Entre 1980 e 1985, foi maestro do Coral Lírico do Teatro Municipal de São Paulo e premiado duas vezes pela Associação Paulista dos Críticos de Arte (APCA).

Foi maestro da Orquestra Sinfônica do Paraná, com a qual realizou mais de 250 concertos, óperas e balés, além de gravar um disco com obras de Heitor Villa-Lobos. Desde 1980, tem atuado frente às principais orquestras do país como maestro convidado.



Informações sobre as obras:

Der Goldenfahrer – O Gondoleiro para coro masculino e piano ID 809. Texto de Johann Mayrhofer – Composto em março de 1824, O Gondoleiro descreve a lenta agitação das águas dos canais de Veneza.



Nachthelle – Brilhos da Noite – Para tenor solo, coro masculino e piano ID 892 – Uma das principais obras corais de Schubert, e ao mesmo tempo uma das composições com mais efeitos harmônicos inusitados. Escrita em setembro de 1826, utiliza um tenor solista que lidera o coro masculino.



Städchen – Serenata – para contralto solo e coro feminino e piano ID 920 – Composta em julho de 1827, é uma obra escrita sob encomenda de uma amiga do compositor, Anna Frölich. Descreve uma serenata em meio ao silêncio da noite. Ao ouvi-la, Schubert expressou sua satisfação: “Eu não imaginava que era tão linda”.



Mirjam’s Siegesgesang – Canto de Vitória de Miriam – Cantata para soprano solo, coro misto e piano ID 942 – Escrita em março de 1828, ano da morte do autor, é uma verdadeira cantata na qual é narrada a passagem bíblica da fuga dos judeus do Egito. Miriam seria a irmã de Moisés e é ela quem narra toda a aventura da travessia do mar vermelho.



Gesang der Geister über den Wassern – Canto dos Espíritos sobre as Águas para coro masculino, duas violas, dois violoncelos e contrabaixo ID 714 – Uma das obras primas de Schubert. A originalidade da instrumentação e a maravilhosa poesia de Goethe fazem dessa partitura, composta em fevereiro de 1821, um marco na história da música vocal.



Missa Nº 2 em Sol maior para solistas, coro misto e orquestra de Cordas ID 167 – Escrita em cinco dias em março de 1815, a Missa em Sol maior obedece a uma regra do imperador Joseph II, que não permitia missas com um grande efetivo instrumental. Schubert, então com 17 anos, se acomoda à regra escrevendo uma missa de grande lirismo.




Serviço:

Apresentações da Camerata Antiqua de Curitiba, com regência e comentários a cargo de Osvaldo Colarusso, dentro da temporada 2013 de concertos, patrocinada pelo Ministério da Cultura e pela Volvo. No programa, obras do compositor austríaco Franz Schubert. 

Datas e horários: dias 24 de maio (sexta-feira), às 20h; e 25 de maio de 2013 (sábado), às 18h30.

Ingressos: R$ 30 e R$ 15 (meia-entrada)

Local: Capela Santa Maria – Espaço Cultural (Rua Conselheiro Laurindo, 273 – Centro)

PROGRAMAÇÃO CINE GUARANI | 24 A 30 DE MAIO DE 2013





De 24 a 30 de maio de 2013 – 16h (de terça a domingo):



ANIMAÇÕES PARA A PRIMEIRA INFÂNCIA



As crianças vão adorar esta seleção com alguns dos melhores filmes



brasileiros de animação da temporada 2010-2011. Todos têm em comum o



humor e os finais felizes. Soam muito brasileiros nos falares e na musicalidade,



mas cada um é original nas imagens que mostra do país: da chegada de um



circo no interior ao dia a dia em um apartamento; das araras



da floresta às brincadeiras nos quintais urbanos. As linguagens estéticas



também são originais e variadas: colagem, desenhos a lápis, massinha, fotos,



ou tudo misturado em animações engenhosas que vão deixar as crianças



com vontade de fazer arte também. E os pequenos vão se identificar com as



histórias, desde as mais lúdicas até as que tratam com delicadeza de temas



profundos como a busca de que os outros nos aceitem como somos.



Total do programa: 57 minutos



BOBOLÂNDIA E MONSTROLÂNDIA (BR/SP, 2010 – 13’ – digital).



Direção: Ale Machado.



DOCE TURMINHA E A BOLA COR DE CICLETE (BR/SC, 2010 – 1’ – digital).



Direção: Eduardo Drachinski.



DONA TOTA E O MENINO MÁGICO (BR/SP, 2010 – 12’ – digital).



Direção: Adriana Meirelles.



EU QUERIA SER UM MONSTRO (BR/RJ, 2009 – 8’ – digital).



Direção: Marão



LEVE VOO (BR/RS, 2010 – 4’ – digital).



Direção: Natália Cristine Alencar de Freitas.



UMA CASA MUITO ENGRAÇADA (BR/SP, 1996 – 3’ – digital).



Direção: Toshie Nishio.



VIVI VIRAVENTO (BR/SP, 2009 – 11’ – digital).



Direção: Alê Abreu.



VOANDO COM PIPO (BR/SP, 2006 – 5’ – digital).



Direção: Michel Leandro Borges dos Santos.



Classificação: livre



Ingresso gratuito



De 24 a 30 de maio de 2013 – 18h e 20h (de terça a domingo):



Exibição do filme WALACHAI (BR, 2009 – 83’ – documentário - digital).



Direção: Rejane Zilles



O filme integra a abertura do Ano da Alemanha no Brasil que é um evento em



parceria com o Goethe Institut.



“Walachai” em alemão antigo significa lugar longínquo, perdido no tempo. O



filme trata de povoados rurais do Sul do Brasil que ainda vivem distantes do



mundo globalizado. Seus habitantes comunicam-se num antigo dialeto alemão



e alguns nunca aprenderam o português. No entanto, são todos brasileiros e



se identificam como tal. O documentário Walachai fala sobre o inusitado e raro



que habita este lugar parado no tempo. Conecta o público do Brasil urbano



contemporâneo a uma forma diferente de viver, revelando um pedaço de Brasil



ainda desconhecido.



Ingresso pago: R$5,00 (inteira) – R$2,50 (meia) – R$1,00 (aos domingos)



Classificação livre



Portão Cultural



Cine Guarani



Av. República Argentina, 3430 - Portão



Funcionamento: de terça a domingo, sessões normalmente às 16h, 18h e 20h



O acesso ao Cine Guarani a partir das 19h é pela portaria do estacionamento



Fone: 3345-4051

GISELE HATTORI ESTREIA NO 26º BRASILEIRO DE MOTO AQUÁTICA


 A goiana vice-campeã em 2011 e terceira colocada no ano passado, disputará as categorias Runabout Aspirado GP e Runabout Aspirado Limited.





A piloto Gisele Hattori, de Goiânia, promete acelerar muito nas duas etapas do Brasileiro, em Boa Esperança (MG)

Foto: Ricardo Fuchs/Photojetski



A piloto Gisele Kimi Hattori, de Goiânia, estreará no 26º Campeonato Brasileiro de Moto Aquática (jet ski), nas disputas da segunda e terceira etapas, que serão realizadas de 30 de maio a 2 de junho, na Represa de Furnas, Boa Esperança (MG).  Ela competirá nas categorias Runabout Aspirado GP e Runabout Aspirado Limited.

Gisele não disputou a primeira etapa do campeonato, realizada em março, na cidade paulista de Pereira Barreto, por motivos de estudos na faculdade, mas estará em Boa Esperança e promete lutar pelas primeiras colocações e entrar na briga pelo título.  “Tenho treinado bastante em academia, pois o desgaste físico será grande, principalmente quando acontecerão duas etapas em quatro dias e terei pela frente oito baterias”, explicou.

Neste 26º Campeonato Brasileiro de Moto Aquática (jet ski), espera repetir as boas performances dos anos anteriores. Em 2011 ficou com o vice campeonato na categoria Runabout Aspirado Limited, atrás do gaúcho Israel Pereira, de Guaíba. No ano passado terminou em terceiro lugar na Runabout Aspirado GP, que teve como campeão o gaúcho Fabiano da Silva, seguido por seu conterrâneo Dado Rodrigues, que é o atual líder da categoria.

 “Gosto de competir no Campeonato Brasileiro de Moto Aquática, porque é um esporte que me identifico muito, amo a adrenalina e sou apaixonada pela modalidade, principalmente quando se trata de competição. E também por representar as mulheres. E a Represa de Furnas, em Boa Esperança, é um lugar muito bom para a competição e vou acelerar bastante lá”, ressaltou a goiana, que ao lado da paulistana Brunna Luz, são as duas mulheres inscritas no campeonato.

A movimentação da segunda etapa do 26º Campeonato Brasileiro de Moto Aquática (jet ski) começa no dia 30, às 9 horas, com a recepção e inscrição dos pilotos. Às 12 horas, almoço. Às 14 horas, estão marcados treinos e em seguida a primeira série de bateria do circuito fechado Às 16h30 será disputada a primeira bateria do Freestyle.

No dia 31, a programação tem início às 10 horas, com a segunda série de bateria do circuito fechado. Às 12 horas, almoço. Às 13h10 começam as disputas das categorias Super Course e às 15h15, a segunda série de bateria do Freestyle.

A terceira etapa do 26º Campeonato Brasileiro de Moto Aquática (jet ski) tem início no dia 1º, às 10 horas, com treinos oficiais. Às 12 horas, almoço, e às 14 horas, primeira série de baterias do circuito fechado, seguida pela primeira bateria do Freestyle.  No dia 2, a movimentação começa às 10 horas, com as disputas das categorias Super Course. Às 12 horas, almoço. Às 13h30, início da segunda bateria do circuito fechado, seguida pelo segunda bateria do Freestyle. Às 16hb30 premiação das duas etapas.

A segunda e terceira etapas do 26º Campeonato Brasileiro de Moto Aquática (jet ski) é uma realização da BJSA - Associação Brasileira de Jet Ski, com homologação da IJSBA - International Jet Sports Boating Association. Produção - CPM7 Full Promotion. Patrocínio ­ Prefeitura de Boa Esperança e Câmara Municipal. Apoio - CASARINI SEA-DOO / BRP, YAMAHA DO BRASIL, KAWASAKI DO BRASIL, JET TRACTION, FULL POWER Energy Drink, 51 Ice, Vinhos Salton, A Speto Import, Revista BOAT Shopping, Photojetski e site Bombarco. O evento conta com a supervisão da Marinha do Brasil e Corpo de Bombeiros.

Maiores informações no site www.bjsa.com.br,  www.bombarco.com.br e www.photojetski.com.br

terça-feira, 21 de maio de 2013

Tempo é o protagonista da peça teatral Bodocongó, encenada pela Cia. Teatro Epigenia

Tempo é o protagonista da peça teatral Bodocongó, encenada pela Cia. Teatro Epigenia, do Rio de Janeiro, com texto do contista, poeta e subeditor do jornal Correio da Paraíba, Astier Basílio, e direção de Gustavo Paso
O cineteatro do Centro Cultural Banco do Nordeste-Sousa [rua Cel. José Gomes de Sá, 07 – Centro – fone: (83) 3522.2980] apresenta o gratuito espetáculo cênico intitulado Bodoncogó, encenado pela Cia. Teatro Epigenia, do Rio de Janeiro, com texto do contista, poeta e subeditor de Cultura do Correio da Paraíba, Astier Basílio, natural de Campina Grande (PB), e direção de Gustavo Paso, nesta quinta e sexta-feiras (dias 23 e 23), sempre às 19h30.

O projeto de encenação do conto de autoria de Astier Basílio conta a história de Bodocongó, uma cidadezinha perdida no mapa, onde mora um visionário, meio poeta, meio cineasta, que filma o tempo durante um período de 40 anos. O tempo é o seu protagonista. As relações estabelecidas pelos personagens refletem as contradições dos relacionamentos humanos, estabelecendo um convite à introspecção e ao desnude da psiquê.

Conselho Municipal de Cultura toma posse sexta-feira



Os membros da sociedade civil e da comunidade artística eleitos em 2012 para o Conselho Municipal de Cultura tomam posse na próxima sexta-feira (24), às 19h, no Teatro Londrina, que fica no Memorial de Curitiba. Além desses novos integrantes, o Conselho, que tem mandato de dois anos, reúne representantes da Prefeitura e da Câmara Municipal.

A atual configuração do Conselho terá várias missões importantes. Uma delas será ajudar a construir o Plano Municipal de Cultura, que condensará as metas para os próximos 10 anos da área em Curitiba.

Os novos membros também serão os primeiros a atuar após a adesão do município ao Sistema Nacional de Cultura, que modifica a gestão local na área facilitando o repasse de verbas federais e integrando melhor as ações entre os governos.

“A nova gestão também irá debater com a sociedade civil as mudanças que vamos começar na área”, lembra o assessor de Relações Institucionais da Presidência da Fundação Cultural de Curitiba (FCC), Elton Barz. Ele ressalta, ainda, que o Conselho deverá deixar de ser um órgão apenas consultivo. “Ele também deve se tornar deliberativo”, informa.

Conferência – Entretanto, o primeiro desafio do Conselho será organizar a Conferência Municipal de Cultura, a ser realizada em julho, e na qual serão debatidos o cenário atual e uma série de mudanças propostas para o setor.
Também serão preparadas as demandas e discussões, bem como escolhidos os representantes a serem levados para a 3ª Conferência Nacional de Cultura, que ocorre em Brasília de 26 a 29 de novembro e cujo tema será “Uma Política de Estado para a Cultura: desafios do Sistema Nacional de Cultura”.

O Conselho – O Conselho Municipal de Cultura é o órgão que, no âmbito do município, institucionaliza a relação entre a administração municipal e os setores da sociedade civil ligados à cultura. Ele participa da elaboração e da fiscalização das políticas culturais. Foi instituído pela lei 11.834, de 4 de julho de 2006.

Dos 25 membros titulares, nove são indicados pela sociedade civil e sete pela comunidade artística e cultural organizada. Os demais membros são representantes do Poder Executivo Municipal e da Câmara Municipal de Curitiba. Integram ainda o conselho 25 membros suplentes. Por lei, a presidência do Conselho é exercida pelo presidente da Fundação Cultural de Curitiba.

O jazz de Fabio Deiverson é atração no Teatro do Paiol



       

O saxofonista e compositor curitibano Fabio Deiverson apresenta-se nesta sexta-feira (24), às 20h, no Teatro do Paiol, acompanhado dos músicos Paulinho Sabbag (piano), Emmanuel Bach (guitarra), Fernando Rivabem (bateria) e Cris Julian (baixo). O quinteto apresenta um repertório baseado em várias vertentes da música brasileira e do jazz.

Integrante de uma família de músicos, Fabio Deiverson iniciou seus estudos de harmonia e piano aos 9 anos. Aos 14 anos, demonstrou interesse pelo saxofone, estudando inicialmente sax alto, depois sax tenor, instrumento ao qual passou a se dedicar exclusivamente. Mais tarde, começou a escrever arranjos para gospel big bands, sempre buscando o estilo jazzístico em suas composições e arranjos.

Fabio foi influenciado pelos saxofonistas Peter Christlieb, Vinícius Dorin, Bob Mintzer, Seamus Blake, entre outros. Aprimorou seus conhecimentos e ganhou maturidade musical nas jam sessions em Nova York. Participou da 7ª Edição do Minde Jazz Festival, em Portugal. Apresentou-se também nos clubes de jazz Hot Club, Onda Jazz e Braço de Prata, em Lisboa.

Ao longo de sua carreira, dividiu o palco com nomes como Xande Figueiredo, Vinícius Dorin, Cuca Teixeira, Victor Zamora, Alexei Tsiganov, Waltel Branco, Saul Trumpet, Robertinho Silva, Helinho Brandão, Gebran Sabbag, Jorginho do Trumpet, Fernando Montanari, Boldrini, Jeff Lescovich e Ronaldo Saggiorato. Participou com solos em diversas gravações, entre elas “Unterwegs”, do guitarrista Oliver Pellet, e os CDs da banda curitibana Soulution Orchestra.



Serviço:

Show do saxofonista e compositor Fabio Deiverson

Local: Teatro do Paiol – Praça Guido Viaro, s/nº - Prado Velho.

Data e horário: 24 de maio de 2013 (sexta-feira), às 20h.

Ingressos: R$ 20

Solo de dança é o programa deste fim de semana

Solo de dança é o programa deste fim de semana,

no Teatro Cleon Jacques






O espetáculo “Ensaio sobre o azul” estará em cartaz no Teatro Cleon Jacques neste fim de semana, de 24 a 26 de maio. Apresentado pela bailarina Mariana Mello, o solo de dança contemporânea faz parte de suas pesquisas coreográficas.

Neste espetáculo, concebido sob a orientação de Juliana Adur, a bailarina propõe a investigação de mecanismos de criação a partir da memória, tendo como referência o pensamento do filósofo Henri Bergson. “Memória como tempo, espaço, percepção. Lembranças como fenômeno corporal encarnado, como possibilidades de invenções, criações, recriações”, explica a artista.

Contemplado no Edital de Pesquisa em Dança da Fundação Cultural de Curitiba, na categoria Estruturação Coreográfica, o espetáculo estreou em outubro de 2012, na Casa Hoffmann – Centro de Estudos do Movimento. 



Serviço:

Solo de dança contemporânea “Ensaio sobre o azul”, com Mariana Mello.

Local: Teatro Cleon Jacques (Rua Mateus Leme, 4.700 – São Lourenço).

Datas e horários: de 24 a 26 de maio de 2013. Sexta-feira e sábado, às 20h, e domingo, às 19h.

Ingressos: R$ 10 e R$ 5 (levando um amigo, os dois pagam meia-entrada). 

Informações: (41) 3313-7190 / 9601-8553




O melhor do humor cearense com Lailtinho e Biba

O melhor do humor cearense com Lailtinho e

Biba, do elenco da Escolinha do Gugu

Sr. & Sra. SMILE

Estreia dia 8 de junho, às 23h59,

no Teatro Bibi Ferreira




A dupla de atores cearenses Lailtinho e Amadeu Maya estreia o espetáculo Sr. & Sra. Smile, dia 8 de junho, às 23h59, no Teatro Bibi Ferreira.



Lailtinho abre o show soltando a voz, contando piadas e interagindo com o publico e sai de cena dando espaço para BIBA, personagem criado por Amadeu Maya, que fez parte do elenco da Escolinha do Gugu, da rede Record.



Humorista, Ator, Cantor, Compositor, Produtor e Diretor de shows de humor, foi eleito o 1º Presidente da Associação Cearense de Humor.



Desde que venceu o 1º Festival Brega em Fortaleza –Ceará, nos idos de 1989, Lailtinho tornou-se uma figura de estética única, uma mistura feliniana e kitsch, com pitadas de chanchada.



Seu trabalho está intimamente ligado ao reconhecido humor cearense,  traduzido pela molecagem ingênua e criativa que causa "frisson" através das piadas, musicas, dança sensual e interatividade com a platéia.



Com uma carreira de sucesso e com espetáculo em temporada permanente, além de três turnês pelos estados unidos- 2005, 2007 e 2009- ,  Lailtinho já participou de programas como os de Jô Soares, Xuxa, Hebe, Gugu,Vídeo Show,Super Pop,Tom Cavalcanti, RIT (EUA) e outros.





A personagem BIBA, do ator e humorista Amadeu Maya , nasceu em março de 2003 para um programa de Tv do Ceará. A personagem trabalhava no saguão do aeroporto, sempre interpelando os transeuntes, convidando-os para uma aposta e oferecendo o jogo da bicha. Como sempre foi trambiqueira, a Biba acabava sempre por vencer a aposta. Em 2010 foi contratada pela Rede Record pra ser jurada do Programa do Gugu.



Em Sr. & Sra. Smile , BIBA  viaja entre o lúdico do bom humor , contando piadas , histórias engraçadas e principalmente envolvendo o público nessa coisa maravilhosa chamado humor.



O roteiro de piadas é baseado em aventuras e contos de sua  vida, que sempre foi cheios de babado e  bafons.



Sr. & Sra. Smile é um convite para que os paulistas se divirtam com o típico humor cearense, berço de talentos como Chico Anisyo,  Renato Aragão e Tom Cavalcante. “Um humor que atinge ao público dos 8 aos 80 anos, sem nenhuma contraindicação”, fala Lailtinho sobre o seu trabalho.





Serviço:

Sr & Sra SMILE

com Lailtinho e Biba

Texto e Direção Lailton Melo e Amadeu Maya

Temporada: de 8 de junho até 31 de agosto, sábados às 23h59

Duração: 70 minutos

Recomendação: 16 anos

Capacidade: 300 lugares

Preço: R$ 60,00 / R$ 30,00 meia

Teatro Bibi Ferreira

Av. Brigadeiro Luis Antônio, 931 – Bela Vista

Tel: 11. 3105.3129

Bilheteria: 15h/21h30 (segunda a sábado); 15h/19h (domingo)

Pela internet: www.ingresso.com  / 4003.2330

Cartões de crédito (Mastercard, Visa)
Cartões de débito (Maestro, Visa Electron)

Serviços

Acesso para deficientes

Ar condicionado

Estacionamento (R$ 10,00) na Av. Brigadeiro Luis Antônio,  nº 759

segunda-feira, 20 de maio de 2013

Atos societários relevantes









 Atos societários relevantes

Sub-título: A companhia e os investidores

Autor: Renato Ochman


Número de Páginas: 232
Formato: 16X23


Alguns dos principais Atos de uma companhia de capital aberto são detalhados neste livro, não deixando margem às dúvidas de como a legislação brasileira deve, e precisa, ser interpretada pelos participantes do mercado de capitais.

Leitura mais do que recomendada para profissionais envoltos na rotina das empresas que tem suas ações negociadas em bolsa e também para os possíveis investidores.


O universo das companhias de capital aberto ganhou representatividade no capitalismo brasileiro. Esse capitalismo deixou de ser apenas um exportador de gestores de talentos, forjados nas dificuldades inflacionárias, para enviar também para os outros países empresas e marcas fortes e participantes da primeira divisão dos seus segmentos globais. O mercado de capitais é sim uma alternativa para empresários e empresas ambiciosas e capacitadas para construírem legados.

Este livro assume sua origem no Direito, mas parte da experiência prática do autor no dia a dia das companhias para ser também uma leitura importante para administradores, acionistas e outros profissionais interessados nesses que foram selecionados como assuntos relevantes e passíveis de atenção para que as empresas possam não apenas cumprir suas obrigações legais, mas também o mercado existir e ter sua transparência e direitos de minoritários respeitados e valorizados. Os aspectos legais são cobertos e apresentados de forma direta, mas, sempre que se cabe um comentário, ele aparece. As introduções conectam fatos de outras áreas ou são exemplos consagrados e criticados. A história e a produção humana de conhecimento fazem a ponte entre o conteúdo legal e a experiência de leitura desta obra.

Aspectos legais e conceitos se juntam para que o leitor sinta coberto os seguintes pontos:

    Assembleias de acionistas

    Conselhos de administração e fiscal

    Fato relevante

    Incorporação de ações

    Fechamento de capital

    Acordos de acionistas

    Venda de participação acionária em companhia aberta

    Oferta pública de aquisição de ações (OPA)

Leitura mais do que recomendada para profissionais envoltos na rotina das empresas que tem suas ações negociadas em bolsa e também para os possíveis investidores.

Com a colaboração de Tomás B. Real Amadeo


O AUTOR
Renato Ochman

Bacharel em Direito pela PUC/RS, pós-graduado e Mestre também em Direito Comercial, ambos pela PUC/SP.
Sócio do escritório de advocacia Ochman, Real Amadeo Advogados Associados e membro dos Conselhos de Administração da Grendene, da Ultrapar Participações e da Unicasa.
Conselheiro do Conselho Jurídico (CONJUR) da Federação das Indústrias de São Paulo. Publicou o livro Vivendo a negociação, pela Editora Saraiva.




LANÇAMENTO

Tardes Musicais traz para Fundação Ema Klabin Concerto com Quarteto Villani



Chegue uma hora antes e conheça o acervo que conta com mais de 1500 obras de grandes mestres da arte mundial e o jardim projetado por Burle Marx
   
     


   
     

A Fundação Ema Klabin apresenta nesse sábado, 25 de maio, às 16h30, concerto com o  Quarteto Villani, pelo  programa Tardes Musicais - Música de Câmara . Formado com o intuito de divulgar a música erudita brasileira, o quarteto Villani apresentará  o CD “Toada”, lançado em 2012,  com obras do maestro e compositor mineiro Edmundo Villani-Côrtes.

Integram o Quarteto Villani os músicos:  Cláudio Dias (violino), Boaz de Oliveira (violoncelo), Marco André dos Santos (flauta) e Janaína Gargiulo (piano).

O Programa Tardes Musicais – música de câmara -   acontece todos os meses, no Jardim  da Fundação Ema Klabin, sempre ao 16h30, com entrada franca. O evento tem apoio cultural da  Fritz Dobbert.



Chegue uma hora antes e conheça o acervo com mais de 1500 obras

Antes da apresentação musical, o visitante pode realizar uma visita monitorada ao Museu e conferir o acervo de 1.545 obras, entre pinturas de Marc Chagall, Frans Post, talhas de Mestre Valentim, peças arqueológicas e decorativas.



Tardes Musicais – Música de Câmera

Concerto: Quarteto Villani

Data: 25/05/2013  - sábado

Horário: 16h30

Lotação: 180  | Indicação: Livre

Visitação Gratuita ao Museu a partir das 15h.

Entrada Gratuita

Local: Fundação Ema Klabin

Rua Portugal, 43 – Jardim Europa – São Paulo. 01446-020

http: //emaklabin.org.br
rteto Villani

Brendan Benson se apresenta no Cine Joia nessa quarta-feira (22)

Brendan Benson se apresenta no Cine Joia nessa quarta-feira (22)
Cantor faz show pelo Google + ao vivo amanhã (21)





Em turnê pelo Brasil, o  cantor e compositor Brendan Benson se apresenta ao vivo pela internet nessa terça-feira (21) às 20h, no Google +/ You Tube Live, quando, além de tocar algumas faixas de seu último álbum, “What Kind of World” (Vigilante/Deck) responderá perguntas dos internautas. No dia seguinte, quarta-feira, ele faz show no Cine Joia. Durante essa passagem pelo país, Brendan já esteve no festival Bananada, em Goiânia, no domingo (19).



Brendan, que é um dos fundadores da banda The Raconteurs ao lado de Jack White, lançou um novo trabalho solo, “What Kind of World”, no ano passado. O álbum, que foi produzido por ele, mostra uma nova faceta de seu lado músico e traz composições muito intimas e pessoais.





Google +/ You Tube Live

A partir das 20h





Serviço – Brendan Benson no Cine Joia

Data: 22/05 (quarta-feira)

Local: Cine Joia (Pça Carlos Gomes, 82 – Sé – São Paulo – SP)

Horário: 20h (abertura da bilheteria)

21h (abertura da casa)

23h (horário previsto do show)

Ingressos: R$60,00 - R$ 140,00

Locais de venda:

www.facebook.com/cinejoia na aba "Compre seu Ingresso" e cinejoia.tv/ingressos

Cine Joia: Praça Carlos Gomes, 82 (segunda-feira a sexta-feira, das 10h às 18h, e durante o final de semana, a bilheteria só abre em dia de show, 1h antes da abertura oficial da casa).

Artista plástico Sérgio Sister lança catálogo e faz palestra



Palestra do Artista Plástico Sergio Sister e Lançamento de Catálogo, no dia 04/06/2013 às 19h no Auditorio Kraide/ MuMA.



Flyleaf confirma único show no Brasil



A produtora Dark Dimensions confirmou a apresentação da banda norte-americana Flyleaf no Brasil. O grupo que já vendeu mais de 1,6 milhão de cópias só nos EUA, toca no próximo dia 7 de julho, no Carioca Club, em São Paulo.



A banda norte-americana Flyleaf é a mais nova atração internacional confirmada pela produtora Dark Dimensions que virá ao Brasil ainda este ano. O grupo tem apresentação confirmada para o próximo dia 7 de julho, no Carioca Club, em São Paulo.

Kristen May (vocal), Sameer Bhattacharya (guitarra), Jared Hartmann (guitarra), Pat Seals (baixo) e James Culpepper (bateria) estão promovendo mundialmente o álbum “New Horizons”. O terceiro full-length do quinteto foi produzido pelo renomado produtor Howard Benson (Bon Jovi, My Chemical Romance), em Los Angeles. Apenas nos EUA, este disco vendeu mais de 20 mil copias logo na primeira semana de lançamento e, consequentemente, alcançou a 16° posição no The Billboard 200 chart.

Formada em 2000, na cidade de Belton (TX), o Flyleaf vendeu em seus dois primeiros álbuns ("Memento Mori" e FLYLEAF) mais de 1,6 milhão de cópias nos EUA, conquistando o importante certificado de platina.

Esta é a primeira vez que a banda vem ao país. Os ingressos já estão à venda no site www.ingressosparashows.com.br e nas bilheterias do Carioca Club. As entradas custam de R$ 75,00 (pista estudante) à R$ 200,00 (camarote promocional antecipado). Mais informações no serviço abaixo.

Links relacionados:
http://www.flyleafmusic.com
https://twitter.com/flyleafmusic

Serviço SP
Dark Dimensions apresenta Flyleaf em única apresentação no Brasil
Data: 7 de julho DE 2013 – domingo
Local: Carioca Club
Endereço: Rua Cardeal Arcoverde 2899 Pinheiros/sp
Hora: 17h (open doors) | 19h30 (show)
Ponto de venda: Bilheterias do Carioca Club
Ingresso online: www.ingressosparashows.com.br
Valores:
R$ 75,00 (pista estudante) | R$ 90,00 (pista promocional) | R$ 100,00 (camarote estudante) | R$ 200,00 (camarote promocional antecipado) | R$ 150,00 (pista no dia do show)
Imprensa: (13) 9161.6267 – press@ultimatemusicpress.com
Censura: 14 anos



26º BRASILEIRO DE MOTO AQUÁTICA (JET SKI ): JEFERSON GOMES ESPERA GARANTIR BONS RESULTADOS EM MINAS





 O paulistano disputa cinco categorias e é vice líder na Runabout Aspirado Stock. Participará de um total de 14 baterias em quatro dias de disputas.



O paulistano Jeferson Gomes espera garantir bons resultados nas etapas mineiras do 26º Campeonato Brasileiro de Moto Aquática (jet ski). As disputas serão realizadas de 30 de maio a 2 de junho, na Represa de Furnas, Boa Esperança. Gomes considera a segunda e terceira etapas fundamentais para quem está na luta por título. Cerca de 50 pilotos de vários Estados e convidados internacionais participarão da competição.



Gomes ocupa a vice liderança na categoria Runabout Aspirado Stock, terceiro lugar na Super Course Turbo Stock e Super Course Turbo Limited, quinto na Super Course Aspirado Limited e Runabout Turbo Stock.  Seu objetivo em Boa Esperança é melhorar na classificação para chegar à etapa decisiva com grandes chances de brigar por títulos.



O piloto de São Paulo está competindo no 26º Campeonato Brasileiro de Moto Aquática (jet ski), com um equipamento Kawasaki Ultra 300 X, que é bastante rápido e teve bom desempenho na etapa de abertura, em Pereira Barreto (SP). Costuma treinar na Represa do Guarapiranga ou na Represa de Nazaré Paulista, mas lamenta não ter um tempo maior para se preparar.



“O circuito na Represa de Furnas, em Boa Esperança, permite igualdade de condições para todos os participantes, vai depender do dia de cada um. Os aspectos fundamentais para se conseguir bons resultados é o equipamento estar em perfeitas condições, conseguir uma boa largada e ter um preparo físico para aguentar a grande quantidade de baterias”, analisou o piloto que disputará um total de 14 baterias.


PROGRAMAÇÃO

A movimentação da segunda etapa do 26º Campeonato Brasileiro de Moto Aquática (jet ski) começa no dia 30, às 9 horas, com a recepção e inscrição dos pilotos. Às 12 horas, almoço. Às 14 horas, estão marcados treinos e em seguida a primeira série de bateria do circuito fechado Às 16h30 será disputada a primeira bateria do Freestyle.

No dia 31, a programação tem início às 10 horas, com a segunda série de bateria do circuito fechado. Às 12 horas, almoço. Às 13h10 começam as disputas das categorias Super Course e às 15h15, a segunda série de bateria do Freestyle.

A terceira etapa do 26º Campeonato Brasileiro de Moto Aquática (jet ski) tem início no dia 1º, às 10 horas, com treinos oficiais. Às 12 horas, almoço, e às 14 horas, primeira série de baterias do circuito fechado, seguida pela primeira bateria do Freestyle.  No dia 2, a movimentação começa às 10 horas, com as disputas das categorias Super Course. Às 12 horas, almoço. Às 13h30, início da segunda bateria do circuito fechado, seguida pelo segunda bateria do Freestyle. Às 16hb30 premiação das duas etapas.

A segunda e terceira etapas do 26º Campeonato Brasileiro de Moto Aquática (jet ski) é uma realização da BJSA - Associação Brasileira de Jet Ski, com homologação da IJSBA - International Jet Sports Boating Association. Produção - CPM7 Full Promotion. Patrocínio ­ Prefeitura de Boa Esperança e Câmara Municipal. Apoio - CASARINI SEA-DOO / BRP, YAMAHA DO BRASIL, KAWASAKI DO BRASIL, JET TRACTION, FULL POWER Energy Drink, 51 Ice, Vinhos Salton, Revista BOAT Shopping, Photojetski e site Bombarco. O evento conta com a supervisão da Marinha do Brasil e Corpo de Bombeiros.

]Maiores informações no site www.bjsa.com.br,  www.bombarco.com.br e www.photojetski.com.br

PROGRAMAÇÃO SEMANAL JAMES DE 22 A 25 DE MAIO





Programação

De 22 a 25 de maio.




QUARTA
22.maio
QUARTA ROCK recebe Audac (DJ set)
DJs residentes Ale Dantas, Claudinha Bukowski  e Pablo Busetti.
Convidados AUDAC.
PROMO ESPECIAL AUDAC (consulte no dia da festa).
DOUBLE DRINK* até 24h.
*Destilados nacionais.
22h/R$ 10.



QUINTA
23.maio
LA ROCK
DJs convidados Denis Pedroso (INMWT), Doubleka & Sabrina Ramos (Bennie and the Jets), Guga Azevedo & Rafael Trucker e Claudinha Bukowski.
DOUBLE DRINK* até 24h.
*Destilados nacionais.
2h/R$ 12.



SEXTA
24.maio
IN NEW MUSIC WE TRUST
DJ residente Denis Pedroso.
Convidados Ande Teixeira (SP – prazamiga.com), Joel Guglielmini (Vive La Musique), Gabriel Talamini (avoltabr.com). Warm up Mattias Matt.
SORTEIO DE VIPs e DRINKs ao longo da semana, pela fanpage da festa no Facebook.
22h/R$ 18.



SÁBADO
25.maio
POP LINE
DJs residentes Denis Pedroso, Lu Padilha e Celso Ferreira.
SORTEIO DE VIPs com participação a partir das 14h, na fanpage da festa no Facebook.
22h/R$ 18.



JAMES
Av. Vicente Machado, 894. Curitiba/PR.
INFORMAÇÕES PARA O PÚBLICO E RESERVAS: (41) 3222-1426.
FORMAS DE PAGAMENTO: todos os cartões de débito, Créditos Amex, Diners, Master, Visa e Visa Vale Refeição.

Elogios ao Bhagavad-gita Como Ele É






O parecer de autoridades acadêmicas de diferentes departamentos sobre a edição do Bhagavad-gita mais lida em todo o mundo.

leia mais em  ***

CCBNB-Cariri e Sesc-Crato realizam em conjunto a gratuita I Mostra de Curtas-Metragens Cariri, na Praça Siqueira Campos





Crato, região do Cariri, sul do Ceará, 18 de maio de 2013 – O Centro Cultural Banco do Nordeste-Cariri e o Sesc-Crato realizam em conjunto a gratuita I Mostra de Curtas-Metragens Cariri, na Praça Siqueira Campos, na cidade do Crato, no período de 21 a 23 de maio (terça-feira a quinta-feira desta semana), sempre às 19h30, com curadoria de Ythallo Rodrigues e produção de Alana Morais.

Com a exibição de nove filmes, a programação gratuita de exibição de curtas-metragens da Mostra é a seguinte:



DIA 21 (TERÇA-FEIRA)

·        Busca alguma – direção de Daniel Batata, de Juazeiro do Norte-CE (10 min / cor / ficção). Uma busca pelos mais variados pontos da cidade, busca alguma, buscar algo. O que seria? As imagens filmadas em celular de baixa resolução dão ao filme um tom impressionista, pixelado.

·        Herança – direção de Carlos Robério, Fábio Tavares, Francisco dos Santos e Jaildo Oliveira, de Juazeiro do Norte-CE (05 min / cor / experimental). Sobre materiais de arquivo, um olhar sobre o passado mais remoto que retorna como uma herança maldita no presente.

·        Uma história da terra – direção de Jefferson Albuquerque Júnior, da cidade do Crato-CE (34 min /cor / documentário). A história da criação do Assentamento 10 de Abril, na cidade do Crato, desde os seus primórdios, no período da primeira ocupação no Caldeirão da Santa Cruz até os dias de hoje.

Tempo total da sessão: 50 min.



DIA 22 (QUARTA-FEIRA)

·        Conecto – direção de Joseph Olegário, Cimara Teotônio, Annah Paula de Alencar, Germana Andrade e Jefferson de Lima Pontes, todos de Juazeiro do Norte-CE (13 min / cor/pb / experimental). O curta é resultado de uma vídeo-instalação do diretor.

·        Roberto Cabeção – direção de Salomão Santana, de Juazeiro do Norte-CE (13 min / cor / documentário). Meu tio tinha uma cabeça enorme.

·        Couro tecido – direção de Adriana Botelho, de Nova Olinda-CE/Exu-PE (19 min / cor / documentário). O curta mostra o ofício do couro por dois mestres: Espedito Seleiro e Luís dos Couros. Projeto selecionado pelo VII Edital de Cinema e Vídeo do Governo do Estado do Ceará.

Tempo total da sessão: 45 min.



DIA 23 (QUINTA-FEIRA)

·        Tempo menino – direção de Kelyenne Maia, Cimara Teotônio e Samara Lopes, todas de Juazeiro do Norte-CE (07 min / cor/pb / ficção). Um homem deleita-se sobre as lembranças do seu tempo de criança.

·        A promessa – direção de Jaildo de Oliveira, de Milagres-CE (30 min / cor / ficção). Suely, uma jovem simples moradora do sítio Serra Brava, no município de Milagres, no sul do Ceará, vive com a mãe Terezinha e a irmã Nina. Fenômenos sobrenaturais começam a acontecer e atormentam-lhe a vida tranquila, deixando seus nervos à flor da pele. Suspense numa trama baseada em fatos reais.

·        Água pra que te quero! – direção de Nívia Uchoa, de Crato, Brejo Santo, Barbalha e Juazeiro do Norte – quatro municípios do Cariri cearense (16 min / cor / documentário). O filme percorre por quatro das cidades que compõem a sub-bacia do rio Salgado.

Tempo total da sessão: 53 min.

Programa Imagem em Pensamento, do CCBNB-Fortaleza, realiza o workshop gratuito “Filmes de Bolso: Realização no Novo Contexto Audiovisual”, na Vila das Artes



 O programa Imagem em Pensamento, do Centro Cultural Banco do Nordeste-Fortaleza, realiza o workshop gratuito “Filmes de Bolso: Realização no Novo Contexto Audiovisual”, a ser ministrado pelo cineasta e mestre em Cinema pela Universidade de Ohio (EUA), Emerson Déo Cardoso, na Vila das Artes [rua 24 de Maio, 1221 – Centro – fones: (85) 3252.1444 / 3105.1404], na próxima quinta-feira, 23, às 15 horas.

Gratuitas, as inscrições podem ser feitas na recepção do CCBNB-Fortaleza [rua Floriano Peixoto, 941 – Térreo – Centro – fone: (85) 3464.3108] ou pelo e-mail cultura@bnb.gov.br.

O objetivo do workshop é a abordagem de todos os processos de criação e desenvolvimento de filmes de ficção e/ou documentário, tendo em vista o novo contexto audiovisual, com o advento das novas tecnologias e novos canais de distribuição. Ao final do workshop, o(a) aluno(a) deverá compreender todo o processo e estar apto a produzir seu próprio filme.

O facilitador do workshop, Emerson Déo Cardoso, já realizou cinco curtas-metragens, entre ficção e documentário, tanto em película (16mm e 35mm), quanto em vídeo, com destaque para o curta “Pode me chamar de Nadi” (2009). Atualmente prepara seu primeiro longa-metragem, intitulado “American Garden”, a ser lançado ainda no primeiro semestre deste ano.

Durante o workshop, serão exibidos três filmes de curta-metragem:

·        Não se Pode Ficar com Dois (2011), dirigido por André Mauro Lopes, de Fortaleza, com 15 minutos de duração. Uma crise conjugal, uma crise em si.

·        Carolina (2007), dirigido por Jeferson Dé, de São Paulo, com 15 minutos de duração. A vida de Carolina, negra e moradora de uma favela, que teve o seu livro publicado em mais de 40 países e traduzido para 13 idiomas.

·        Muro (2008), dirigido por “Tião”, de Recife , com 20 minutos de duração. Alma no vazio, deserto em expansão.

FCC abre Consulta Pública sobre edital da Corrente Cultural 2013



Buscando aumentar a participação da sociedade nas decisões que envolvem as políticas culturais na cidade, e seguindo a postura que já vem sendo adotada pela Prefeitura, a Fundação Cultural de Curitiba (FCC) abriu Consulta Pública sobre o edital da Corrente Cultural 2013 – evento que acontecerá em novembro, em data ainda a ser definida.

A participação é possível até a próxima sexta-feira (dia 24). O documento vai regulamentar a seleção de projetos para o evento nas áreas de artes cênicas, música e artes visuais, que vão acontecer em espaços culturais independentes, parques, terminais de ônibus, Ruas da Cidadania e outros locais públicos da cidade.

Opiniões, sugestões e outras contribuições podem ser enviadas à Fundação Cultural de Curitiba. Para ver a minuta do edital, enviar as sugestões e outros requisitos para participar da consulta visite o link http://www.fccdigital.com.br/leidoincentivo/textos.asp?id=122

Guitarrista Vinnie Moore faz show em Santos



O renomado guitarrista Vinnie Moore (UFO, ex-Alice Cooper), se apresenta, no próximo dia 21 de maio (terça-feira), no Teatro Municipal, em Santos. Esta é a primeira turnê solo do músico pelo Brasil. O evento tem apoio da Prefeitura Municipal de Santos.

Guitarrista (à esquerda) durante show do UFO, dias atrás, no Carioca Cub, em São Paulo

Após quatro excelentes shows ao lado do lendário UFO pelo Brasil na última semana, o renomado guitarrista norte-americano Vinnie Moore ficou pelo país para dar os toques finais aos preparativos para a sua primeira turnê solo em território nacional.

Acompanhado por Aquiles Priester (bateria - Hangar), Fábio Laguna (teclado - Hangar), Bruno Ladislau (baixo - Andre Matos) e Gustavo Carmo (guitarra), Vinnie Moore sobe ao palco do Teatro Municipal, no próximo dia 21 de maio (terça-feira), em Santos. O show acontece a partir das 19h30. No repertório, grandes sucessos como “The Maze”, “Rain”, “Daydream” e “Saved By A Miracle”.

Vinnie já fez parte da banda de Alice Cooper, hoje é integrante do UFO, e ficou mundialmente conhecido em meados dos anos 80, depois de gravar um comercial para o refrigerante Pepsi. Logo em seguida, lançou seu primeiro álbum solo “Mind’s Eye” (1986), que vendeu mais de 100.000 cópias em todo o mundo.

Confira o serviço completo para apresentação em Santos abaixo

Serviço Santos
Projeto Hard ‘n Heavy apresenta Vinnie Moore
Data: 21/05/2013 (terça-feira)
Local: Teatro Municipal
End: Av. Senador Pinheiro Machado, 48
Hora: 19h30
Ingressos: R$ 40,00 (1° lote), R$ 45,00 (2° lote), R$ 50,00 (na porta)
Pontos de venda: Top Shirts (Gonzaga), Sound of Fish (Gonzaga) Reciclarte Cartuchos (Boqueirão), Nautica Tattoo (Praiamar Shopping/Litoral Plaza), Realejo Livraria (Gonaga), Gudstore (São Vicente), Estúdio 3 Acordes (Vila Mathias), Casa Simões (Santos) e Animal Records (Galeria do Rock).

Ponto de venda online: www.ticketbrasil.com.br
Informações: (13) 8128.6420

quinta-feira, 16 de maio de 2013

Sebastian Bach: ingressos para show em SP à venda

Sebastian Bach, ex-vocalista do Skid Row, recentemente anunciou única apresentação, em São Paulo. Show acontece no próximo dia 22 de setembro, no Carioca Club.


Músico durante apresentação na capital paulista no ano passado – crédito da foto: Juliana Lorencini

Depois de três apresentações bombásticas pelo Brasil no ano passado, o galã Sebastian Bach, ex-vocalista do Skid Row e atualmente em carreira solo, volta ao país como uma das atrações do Rock in Rio e também para única performance em São Paulo. Com a produção da Dark Dimensions, o músico se apresenta na capital paulista, no próximo dia 22 de setembro, no Carioca Club.

Os ingressos para o show já estão à venda. Os fãs interessados em conferir esta performance podem garantir presença em www.ingressosparashows.com.br, nas bilheterias da casa de eventos ou na Galeria do Rock (loja Lady Snake). O valor das entradas custam R$ 90,00 (estudante/pista), R$ 110,00 (promocional antecipado/pista), R$ 220,00 (camarote promocional – últimas unidades no Carioca Club).

O frontman segue em turnê mundial do álbum "Kicking & Screaming" e divulgando o disco duplo ao vivo "ABachalypse". O repertório deve ser composto por sucessos que marcaram a sua carreira ao lado do Skid Row como as clássicas "Slave to the Grind", "Piece of Me", "18 and Life", "Monkey Business", "I Remember You", "Youth Gone Wild" e outras, além de composições novas.

Links relacionados:
http://www.sebastianbach.com
http://www.twitter.com/sebastianbach
https://www.facebook.com/sebastianbach
http://www.darkdimensions.com.br
http://theultimatepress.blogspot.com

Serviço São Paulo
Dark Dimensions orgulhosamente reapresenta Sebastian Bach
Dia: 22 de Setembro de 2013 - domingo
Local: Carioca Club
End: Rua Cardeal Arcoverde, 2899
Hora: Portas – 18h / Sebastian Bach 20:00
Ingresso online: www.ingressosparashows.com.br
Pontos de venda: loja Lady Snake (Galeria do Rock) e bilheteria do Carioca Club
Valores: R$ 90,00 (estudante/pista), R$ 110,00 (promocional antecipado/pista), R$ 220,00 (camarote promocional – últimas unidades no Carioca Club)
Classificação etária: 15 anos

Estudante de cinema lança a webserie Capim Mulambo



 

Desde o dia 2 de maio está no ar a webserie Capim Mulambo. Criado por Wallace Ramos, nascido e crescido na Maré e bolsista de Cinema da PUC-Rio, Capim Mulambo é uma websérie e um projeto multiplataforma em 3 episódios iniciais que encontra a sua melhor definição enquanto fábula sobre a desigualdade social brasileira.

Logo de início, acompanhamos Makoumba Adeola (Tiago Costa aka Vanessa du Matu), um travesti do Morro do Timbau, na Maré, que, ao adquirir novos peitos de silicone por vias não-oficiais, enfrenta a fúria de Surayla (Ana Paula Tavares) e as investidas de seu capanga, o Homem do Andar Estranho (Nathan Chevrin).

Com esse ponto de partida, Capim Mulambo ousa condensar e explorar um universo de personagens encapsulados pela miséria, porém jamais reféns por completo dela, sempre pelo viés do humor e de um afiado comentário político-social. Condensando no mesmo caldeirão sexualidade, direitos humanos, a questão religiosa brasileira contemporânea e temas-gêmeos como política e corrupção, Capim Mulambo é uma visão original e inédita dos embates sócio-econômicos e políticos do Brasil contemporâneo.

A trilha sonora original é assinada por Leo Justi. Criador do gênero heavy-baile, ao fundir o funk carioca com elementos do pop contemporâneo, Leo colaborou também com a cantora M.I.A. em seu último álbum. Tiago Costa, por sua vez, se tornou webhit, com mais de 2,6 Milhões de visualizações com o vídeo irônico em que parodiava outro webvídeo ao simular ser um gay que se assume heteressexual ao pai (http://www.youtube.com/watch?v=zUVvve1CAQI).

O lançamento do primeiro episódio será no dia 02/05 e os 2 episódios subsequentes serão lançados em intervalos de 21 dias.


Para assistir: www.youtube.com/capimmulambo   

Para acompanhar: www.facebook.com/capimmulambo