sexta-feira, 9 de janeiro de 2015

Europeu também pode - Cronica reprise da Urda


Europeu também pode


(Explicação aos leitores:
Onde está escrito Espanha, leia França;Onde está escrito Iraque e Afeganistão, leia Síria, ou Palestina, etc.;

Onde está escrito Bush, leia OTAN.

O resto é igualzinho.)





            Tinha passado dois dias em Florianópolis, e vim pelo caminho imaginando como iria contar para vocês, desta vez, sobre uma goiabeira que foi muito importante na minha infância. Então chego, ligo para minha mãe para dizer que cheguei bem – as mães sempre querem saber tal coisa – e do alto dos seus 82 anos, ela me diz:

                                   - Tu já viste o que aconteceu na Espanha? Peguei a notícia no meio, não sei muito bem, mas foi terrível! Deve sair tudo de novo agora nos noticiários da noite.

                                   É claro que me aboletei no sofá para ver todos os noticiários. E como ando sentindo muita dor, porque quebrei um braço faz 40 dias, mas só há 4 que um médico descobriu que o braço estava quebrado, de imediato senti muita pena daquelas pessoas mortas, feridas, estraçalhadas, cheias de dor que resultaram do tríplice atentado madrilenho de hoje. A primeira informação que cada canal de televisão disse foi: “Atentado atribuído ao E.T.A.”, que é uma organização de uma região separatista ao norte da Espanha, o País Basco. Só que tem uma coisa: o E.T.A. até faz uns alguns atentados, mas muito menores, nada a ver com o massacre das estações de trem ocorridos hoje. Ficava bem ao Primeiro Ministro espanhol, no entanto, jogar a culpa no E.T.A. – se é um atentado caseiro, não tem nada a ver com a irresponsabilidade dele, juntando-se a um louco como Bush II para invadir outros países e massacrar muitas centenas de milhares de pessoas, que acho que é o que já foi massacrado recentemente na soma das mortes feitas pelos invasores só no Afeganistão e no Iraque. Rabo entre as pernas, o Ministro Aznar procurava ficar escondido atrás do E.T.A. – mas antes que a noite se adiantasse já havia uma associação ligada a Al Qaeda assumindo a responsabilidade, e dizendo que não tinha nenhuma  pena de ver civis europeus tão bem estraçalhados quanto civis asiáticos. Al Qaeda vocês se lembram, é a organização do Osama bin Laden, a que derrubou as torres gêmeas nos Estados Unidos.

                                               Daí imagino que metade de vocês está querendo comer Osama Bin Laden e a Al Qaeda por uma perna, porque gente legitimamente branca, ancorada na velha e boa Europa, aquela que gerou a maioria de nós, sofreu na pele um ATENTADO – meu braço aqui está doendo o suficiente para eu saber que braços e outras coisas quebradas doem muito – imaginem gente estraçalhada como explosivos estraçalham, gente que fica sem uma perna e meia barriga, ou gente que perde meio rosto e meia cabeça, como vi muito bem como ficam pessoas explodidas numas fotos realistas que estavam expostas em Porto Alegre, lá no Terceiro Fórum Social Mundial. Isto sem contar as crianças, pequenas vítimas inocentes da loucura de adultos loucos, com as barrigas abertas como couve-flores vermelhas e outras coisas horripilantes.

                                               E daí uma coisa assim acontece na velha e boa Europa que nos “descobriu” (A América já estava “descoberta” há pelo menos 12.000 anos!), e a maior parte do nosso público se horroriza: como? Na Europa? Lá não pode! Lá é o berço da civilização! – e por aí vai. Esquecem-se, claro, que há diversas civilizações, e que a da Europa é apenas uma delas. Mas os europeus podem sair por aí na cola do Louco Bush, invadindo países que têm petróleo e explodindo gente a granel, sem que a gente ache que está errado. Não está errado uma ova! Gente explodida na Ásia e gente explodida na Europa é a mesmíssima coisa. E veja bem quantos países europeus estão ajudando a explodir gente na Ásia: Inglaterra, Itália, Estônia, Polônia, Dinamarca, Hungria, uma Espanha com um louco Aznar que decerto agora não sabe onde enfiar a cara, e até o nosso antepassado Portugal, coisa que nunca nem quis acreditar direito! Pois é, estão lá os europeus a fazer as barbaridades sem pensar que elas acabarão vindo parar dentro de casa. Já começou. E decerto ainda vai piorar. Europeu também pode explodir. Exatamente como asiático explode. É a mesma coisa.  

                                   E o mundo ocidental se horroriza com o que aconteceu na Europa. Mas por que não se horroriza quando acontece nos outros continentes?



                                               Blumenau 12 de março de 2004.



                                               Urda Alice Klueger


As opiniões aqui expressas são de inteira responsabilidade do seu autor,

não representando a visão do Suplemento Cultural ou de seus dirigentes.



Casa Grande Hotel expõe obras de Gustavo Rosa

O Casa Grande Hotel apresenta a partir do dia 09 de janeiro exposição do artista paulistano Gustavo Rosa. Um coquetel será realizado no dia 10, a partir das 18h. Organizada através de uma parceria entre a Altite Gallery e o Estúdio Gustavo Rosa, a mostra exibe 14 obras em óleo sobre tela, 20 giclées e nove impressões em lona. A exposição fica em cartaz até o dia 31 de janeiro.

A produção de Gustavo Rosa, falecido em 2013, possui linguagem bastante própria, com personagens de um inesgotável humor caricatural e cores vivas. Gustavo Rosa nasceu em São Paulo, em 1946. Foi pintor, desenhista e gravador, considerado um dos mais criativos artistas da sua geração. Não pertenceu a uma escola específica nem seguiu nenhuma tendência ou modismo.

Além dos trabalhos já mencionados, estarão disponíveis objetos com impressões de obras do artista, como almofadas e bolsas, e o livro “Alegria de viver e pintar”, que João Spinelli escreveu sobre sua carreira e que foi lançado no final de 2014.

Serviço:
Exposição de Gustavo Rosa no Casa Grande Hotel
De 09 a 31 de janeiro de 2015
Horário de funcionamento: das 16h às 23h
Endereço: Avenida Miguel Estéfano, 1001, Enseada – Guarujá/SP
Telefone: (13) 2102-4000
Entrada franca

ZÉ GERALDO CANTA TRAJETÓRIA NA CAIXA CULTURAL CURITIBA


 
Cantor e compositor comemora 70 anos em show que reúne canções de sua autoria e de parceiros de longa data


A CAIXA Cultural Curitiba apresenta, de 15 a 18 de janeiro, o show ZGponto70 – O sonho é força que alimenta, em que o cantor e compositor Zé Geraldo passeia por sua trajetória musical iniciada em 1979 com o LP Terceiro Mundo, que traz o sucesso “Cidadão”. Fazem parte do repertório canções de autoria própria ou feitas ao lado de parceiros como Geraldo Azevedo, Xangai, Chico Teixeira, Landau, dentre outros, além de sua filha Nô Stopa. Ele forma um quarteto com sua banda, formada por Jean Trad (guitarra), Carlito Rodrigues (baixo) e Carneiro Sândalo (bateria).

O show, que comemora os 70 anos do artista, inclui as músicas Reciclagem, composição que abre seu primeiro LP, e hits autorais como Senhorita, Como diria Dylan, Milho aos pombos e Cidadão. O músico também interpreta Aprendendo a Viver (Renato Teixeira), Cachorro Urubu (Raul Seixas e Paulo Coelho), o xote Pelas Chaves de São Pedro (com Fernando Melo), Tão Bonita (com Xangai), Galho Seco (com Chico Teixeira), Vaqueiros Urbanos (com Landau), entre outras.

Zé Geraldo também apresenta novas composições que farão parte de seu próximo DVD, a ser lançado ainda este ano, como Roqueiro da Roça, Meio Matuto, Os Dois Reis Magos, esta última gravada recentemente em parceria com o músico João Carreiro.

O espetáculo dá continuidade às comemorações iniciadas com a gravação do show Cidadão: Trinta e Poucos Anos, que o cantor realizou no palco do Auditório Ibirapuera, em São Paulo, ao lado de sua banda e de parceiros convidados. O evento deu origem ao DVD e ao CD Cidadão: trinta e poucos anos, que oferecem um apanhado da história de Zé Geraldo e seu “folk brasileiro”.

No DVD, o músico nascido em Rodeiro, na Zona da Mata mineira, e criado em Governador Valadares, também em Minas Gerais, retoma a parceria com Geraldo Azevedo, companheiro dos primeiros anos na gravadora CBS, com quem dividiu o palco no início dos anos 80. Também divide o palco com Landau em Vaqueiros Urbanos, nome da nova geração a quem Zé Geraldo chama carinhosamente de “vaqueiro urbano”, referindo-se à música; e com Chico Teixeira em Galho Seco, menino que viu crescer e apresentou ao público ao lado de Renato Teixeira no CD O Novo Amanhece (2000).

Uma das maiores alegrias de Zé Geraldo foi quando sua filha Nô Stopa resolveu seguir seus passos e uma carreira na música. Para celebrar este momento, e mostrar que segue compondo, Zé Geraldo escreveu a delicada Um simples olharzinho seu, para cantar com Nô. Com ela também divide a segunda canção inédita do DVD, Nega, samba brejeiro que Nô resgatou do baú do pai e tem cantado em seus shows.

Serviço:
M
úsica: ZGponto70 – o sonho é força que alimenta
Local: CAIXA Cultural Curitiba – Rua Conselheiro Laurindo, 280 – Curitiba (PR)
Datas: 15 a 18 de janeiro de 2015 (quinta-feira a domingo)
Horário: quinta e sexta-feira às 20h, sábado às 18h e 21h e domingo às 19h
Ingressos: vendas a partir de 10 de janeiro (sábado), às 12h. R$ 20 e R$ 10 (meia – conforme legislação e correntistas que pagarem com cartão de débito CAIXA)
Bilheteria: (41) 2118-5111 (de terça a sábado das 12h às 20h, e domingo, das 16h às 19h). No dia 17 de janeiro, a bilheteria funcionará excepcionalmente até às 21h.
Classificação etária: Livre para todos os públicos
Lotação máxima: 125 lugares (2 para cadeirantes)


O prazer da descoberta BIMM | Casa de Rui Barbosa 13 e 15.01


Novo álbum do Korzus eleito um dos melhores de 2014 pela Roadie Crew

O Korzus, verdadeira instituição e um dos nomes mais importantes da história do heavy metal brasileiro, teve o álbum “Legion” eleito um dos melhores lançamentos de 2014, pelos redatores da Roadie Crew, principal revista deste segmento musical no País.




crédito da foto: Pati Patah

Exaltando 31 ininterruptos e orgulhosos anos de estrada, o Korzus, verdadeira instituição do heavy metal brasileiro, acaba de conquistar mais um triunfo em sua brilhante carreira. "Legion”, novo registro fonográfico do grupo, foi eleito um dos melhores lançamentos de 2014, segundo pesquisa realizada entre os redatores da Roadie Crew, principal revista deste segmento musical do País.

Apesar de ter sido lançado há pouco tempo, “Legion” superou toda a expectativa criada tanto pelos fãs, como por parte da imprensa especializada, que aguardavam ansiosamente pelo álbum de inéditas de um dos maiores nomes da história da música pesada brasileira.

Este trabalho definitivamente laureia a respeitável discografia de Marcello Pompeu (vocal), Heros Trench (guitarra), Dick Siebert (baixo), Antônio Araújo (guitarra) e Rodrigo Oliveira (bateria). “Legion” é a perfeita evidência de que a banda está cada vez mais forte, insana e devastadora.

Este prêmio está embasado pela escolha de respeitados profissionais como Claudio Vicentin (editor), Ricardo Batalha (redator-chefe), Vinicius Neves (colunista/programa Stay Heavy), Guilherme Spiazzi (colaborador), Leandro de Oliveira (diagramador) e Leonardo M. Brauna (colaborador).

A lista completa está disponível na edição deste mês, que já está à venda nas principais bancas do Brasil e de Portugal, tendo como destaque Angra, Project46, Slipknot, Unisonic (Michael Kiske), Age Of Artemis, Blind Ear com Steve "Zetro" Souza (Exodus), entre outras excelentes matérias.

Confira o lyric video de “Bleeding Pride” em https://www.youtube.com/watch?v=LKqEqL-JsHU.

Neste momento, a Agência Sob Controle está agendando uma nova turnê do Korzus pelo Brasil. Produtores interessados em contratar o espetáculo devem enviar e-mail para sobcontroleproducoes@yahoo.com.br.

Links relacionados:
https://www.facebook.com/korzusofficial
https://www.facebook.com/agenciasobcontrole
https://www.facebook.com/UltimateMusicPR

Papo Sério - Unicef: homicídios entre jovens no mundo e no Brasil

Unicef: homicídios entre jovens no mundo e no Brasil
Estudo do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) mostra a vulnerabilidade de crianças e adolescentes do sexo masculino e como o Brasil se destaca com altas taxas de mortalidade entre esse grupo em nível mundial: por exemplo, entre os grupos com maior número de vítimas de homicídio, a Nigéria teve, em 2012, aproximadamente 13 mil mortes de crianças e adolescentes, seguida pelo Brasil, com cerca de 11 mil e pela Índia, com 9,5 mil mortes.
Segundo o estudo, os três países com maior taxa de homicídio entre crianças e adolescentes estão na América Latina e Caribe (El Salvador, Guatemala e Venezuela), no entanto, países como Cuba, Peru e Suriname têm baixos índices de homicídio nessa faixa etária. Considerando os indicadores mundiais para taxa de homicídio de crianças e adolescentes, o Brasil se encontra em sexto lugar, conforme o gráfico abaixo. Quanto às taxas de homicídio entre garotos (0 a 19 anos), o Brasil tem a quarta maior taxa do mundo, perdendo somente para El Salvador, Venezuela e Guatemala. Já entre garotas (0 a 19 anos), o Brasil não faz parte da lista dos dez países com maior taxa de homicídio, sendo os primeiros colocados Lesoto, Nigéria, Guatemala e Ruanda.
Número de vítimas de homicídio entre crianças e adolescentes de 0 a 19 anos por 100 mil pessoas em 2012, nos dez países com maior taxa de homicídio entre esse grupo populacional
Fonte: Unicef, 2014
Os dados dos países também mostram que o risco de morte por homicídio aumenta quando as crianças entram na adolescência, conforme o gráfico abaixo, que mostra o brutal crescimento das taxas de homicídio entre crianças e adolescentes (homens) de 10 a 14 anos e 15 a 19 anos, em especial na América Latina. No Brasil, a taxa de homicídio para crianças de 0 a 9 anos é de menos de 1 por 100 mil, mas aumenta para 32 por 100 mil entre crianças e adolescentes de 10 a 19 anos, sendo que a taxa de homicídio entre garotos de 10 a 19 anos é de 58 por 100 mil e de garotas da mesma idade é de 5 por 100 mil. O estudo aponta que muitos dos avanços conseguidos em termos de mortalidade infantil são minimizados devido a essa alta taxa de homicídio e o Brasil, segundo o estudo, infelizmente se destaca nesse quesito.
Número de vítimas de homicídio entre crianças e adolescentes de 0 a 19 anos por 100 mil em 2012, por sexo e idade
Fonte: Unicef, 2014
As altas taxas de homicídio no país são atribuídas à desigualdade social, disponibilidade de armas e envolvimento com drogas e tráfico de drogas e estudos prévios também mostram que crianças e adolescentes negros estão mais suscetíveis à altas taxas de homicídio. Um estudo de 2012 da Unicef projetou que até 2016 cerca de 36 mil adolescentes brasileiros seriam mortos por homicídio a não ser que fossem tomadas medidas contrárias.
Percebe-se portanto que o Brasil se destaca no cenário internacional pela taxa e número absoluto de homicídios entre jovens (em especial jovens homens e negros) e tais dados mostram a necessidade de medidas enérgicas para combater os homicídios nessa faixa etária em especial. Tal constatação de fato é preocupante, pois o problema da violência entre jovens se reforça em um panorama de melhorias do mercado de trabalho e queda da pobreza nos últimos dez anos.


Análise: Ana Luíza Matos de Oliveira, economista
As opiniões aqui expressas são de inteira responsabilidade do seu autor,
não representando a visão da FPA ou de seus dirigentes.

Um domingo na Casa de Rui | Casa de Rui Barbosa 11.01



Jota Quest estreia turnê de verão




E o verão vai ser mesmo quente para o Jota Quest. Comemorando o ano de sucesso de seu último trabalho, "Funky Funky Boom Boom", que emplacou três singles consecutivos no Top #10 das rádios, o grupo mineiro anuncia sua turnê de verão.

A "Jota Quest Summer Tour 2015" começa dia 17 de janeiro​, em Cabo Frio (RJ), e se encerra no carnaval de São Paulo, no Desfile das Campeãs. A turnê vai passar por diversas cidades, como Rio de Janeiro, Florianópolis, Recife, Olinda, Trancoso, Santos, Ubatuba e Diamantina, passando ainda pelo Rio Grande do Sul, no festival Planeta Atlântida.

Seguem todas as datas:
17/01 Cabo Frio/RJ
18/01 São João da Barra /RJ
25/01 Santos/SP (Praia do Gonzaga)
30/01 Planeta Atlântida/RS
31/01 Itajaí /SC
01/02 Florianópolis/SC 
05/02 Rio de Janeiro/RJ (Barra Music)
07/02 Ubatuba/SP
10/02 Trancoso/BA (Verão Rolling Stone)
14/02 Diamantina/MG
15/02 Olinda/PE 
16/02 Recife/PE 
20/02 São Paulo/SP (Camarote Brahma - Desfile das Campeãs)

Lacerated And Carbonized abre 2015 como headliner de festival no RJ

A banda Lacerated And Carbonized, um dos nomes mais respeitados do death metal sul-americano, é atração principal do METAL FORCE FEST II. O evento acontece, neste sábado (10/01), na Planet Music, no Rio de Janeiro. Neste momento, o grupo carioca está em plena turnê promocional do álbum “The Core Of Disruption”.  



O Rio de Janeiro já está com a atenção totalmente voltada para o Carnaval, porém, quem vai ditar o ritmo neste começo de ano será o heavy metal! A banda carioca Lacerated And Carbonized, um dos nomes mais respeitados do death metal sul-americano, é atração principal do METAL FORCE FEST II. O evento acontece, neste sábado (10/01), na Planet Music.

Jonathan Cruz (vocal), Caio Mendonça (guitarra), Paulo Doc (baixo) e Victor Mendonça (bateria) prometem estremecer a Cidade Maravilhosa com as principais composições dos elogiados álbuns “The Core of Disruption” e "Homicidal Rapture".

“Apesar deste ser um dos últimos shows da turnê que promove ‘The Core Of Disruption’, a banda está sedenta para subir no palco e quebrar tudo! Esta pausa de transição de ano, revigorou as nossas energias e podem ter certeza que promoveremos o caos”, declarou o frontman Jonathan Cruz. 

O METAL FORCE FEST II também contará com a apresentação das bandas Apokalyptic Raids, Deathraiser, Cara de Porco e Indiscipline. Os ingressos custarão R$ 25,00 e poderão ser adquiridos apenas no local.

Confira a video-chamada do festival em https://www.youtube.com/watch?v=PPU6rvFOyPA.

Com apenas oito anos de carreira e diversos prêmios, o Lacerated And Carbonized tornou-se um dos mais influentes nomes da música extrema nacional. “The Core Of Disruption” foi mixado e masterizado pelo renomado Andy Classen (Destruction, Krisiun, Tankard, Holy Moses, Belphegor), no Stage One Studios, na Alemanha.

Confira o videoclipe da música "Third World Slavery" em https://www.youtube.com/watch?v=LDDWEfznxxI.

Serviço Rio de Janeiro
Metal Force Fest II apresenta Lacerated And Carbnized, Apokalyptic Raids, Deathraiser, Cara de Porco e Indiscipline
Data: 10 de janeiro de 2015 – sábado
Local: Planet Music
End: Av. Hernani Cardoso, 66 – Cascadura
Horário: 22h
Ingressos: R$25,00 (à venda somente no local | dinheiro e/ou cartão de crédito/débito)

Confraria de Autores lança livro “Antologia Novos Talentos da Literatura”



AS NOVIDADES COMEÇAM A SURGIR.

A coletânea “Antologia Novos Talentos da Literatura - Poesia, contos e crônicas”, da editora Mar de Letras, do selo Confraria de Autores, surgiu após concurso que visava apresentar novos autores ao público. Ao longo de 2014, o número de textos inscritos passou de 300, dos quais se classificaram 29 autores de várias regiões do país. O lançamento nacional será no próximo dia 13 de janeiro no site da editora e na Livraria Prefácio, em Botafogo, no Rio de Janeiro.

De acordo com o organizador do concurso, Delmo Fonseca, essa coletânea é resultado de uma seletiva de âmbito nacional em que esses poetas deixam para trás o anonimato e se lançam nos braços de exigentes leitores. “Estamos muito felizes por mostrar esses talentosos escritores. Conseguimos atingir regiões, culturas e contextos distintos, mostrando as faces do Brasil”.

Delmo explica que a antologia não reúne apenas escritores, mas realidades que antes eram sonhos. “Por esse motivo, cada autor poderá indicar uma biblioteca pública para onde seguirá um exemplar da antologia”.

O exemplar, que custa R$ 30,00, estará disponível no site www.livrariamardeletras.com.br. 

Serviço:
Endereço: Livraria Prefácio - Rua Voluntários da Pátria, 39 - Botafogo, Rio de Janeiro – RJ.
Telefone: (21) 2527-8843


breve comentaremos a edição ! (EC)

SOVIET REABRE COM NOVA DECORAÇÃO E ALTA VOLTAGEM

Após uma breve parada na virada do ano, o Soviet volta com gás renovado e alta voltagem para iniciar a temporada de festas 2015. A casa aproveitou a pausa para reformular sua decoração. Novos painéis assinados pelo artista plástico André Coelho foram instalados para decorar a pista mais quente da cidade. Para celebrar o retorno, duas festas: nesta sexta-feira acontece a primeira edição da High Voltage, pilotada pelos Djs Dimis, Fefo, Pépe e Pedrô. No repertório, muito pop, R&B e indie.
 
Ingressos a R$ 15 com o nome na lista amiga pelo Soviet App até a 1h ou R$ 20 a noite toda. A casa abre às 23h.
 
No sábado, a Cafeína chega com tudo em 2015, explodindo as noites de sábado do Soviet. A festa comandada pelos djs Dimis, Duda , Fefo e Pedrô ganha o reforço de um dos melhores djs da cidade, Hermes Pons. Ele é uma das referências da cena eletrônica curitibana. Com 22 anos de carreira e passagens por quase todos os clubs da cidade, atualmente Hermes toca nos fins de semana do Vox Bar. Graças à publicação periódica de sua mix “The Friendly Hooligan Show”, Hermes hoje ocupa as primeiras posições das paradas de Indie Dance, Nu-Disco e House da plataforma online Mixcloud.
 
Muito pop , electro, R&B e indie enchem a pista do Soviet na festa que também começa às 23h e tem entradas de R$ 20 com nome na lista amiga pelo Soviet App até a 1h ou R$ 25 a noite toda.
 
SOVIET - R. Bispo Dom José, 2277 - Batel
 

terça-feira, 6 de janeiro de 2015

EMPTY HALL OF FAME

"EMPTY HALL OF FAME é uma banda de hardcore/punk de Libina – República Tcheca formada em 2006. Nós lançamos a primeira demo no mesmo ano. Em 2015 iremos lançar um split 12“ com a lendária banda tcheca Thalidomide. A banda é conhecida por sua performance energética no palco, bastante inspirada por bandas como Verse, Have Heart, Strike Anywhere, Carrier, etc. Apoiamos temas como liberação animal e direitos humanos através de letras de cunho pessoal. Em 2012 fizemos uma tournê durante 16 dias ao redor da Europa juntos com nossos amigos brasileiros do Kacttus, e cada ano fazendo tours em diferentes lugares do velho continente como Grã-Bretanha, Holanda, Eslováquia, Eslovênia, dividindo o palco com bandas como Rentokill, Bambix, Nine Eleven, By the grace of God, First Blood, Antillectual e muitas outras bandas incríveis."

Infos: fusarecords@gmail.com | contact@fusarecs.com

Official links:
https://www.facebook.com/emptyhalloffame
https://emptyhalloffame.bandcamp.com/
http://bandzone.cz/emptyhalloffame (czech server)

First DIY video
https://www.youtube.com/watch?v=Dj7ZN8qpIZE

DIY promo videos
https://www.youtube.com/watch?v=jlWTUEO85oI
https://www.youtube.com/watch?v=-11j9fGckFQ

Live videos:
https://www.youtube.com/watch?v=FHtSBzQIK7w
https://www.youtube.com/watch?v=-YedUMr1prQ
https://www.youtube.com/watch?v=b3UbassuS50

BAR +55 REABRE COM PROGRAMAÇÃO DE VERÃO


 
Após um rápido intervalo na virada do ano, o Bar +55 reabre nesta terça-feira com uma programação na medida para acompanhar toda a energia do verão. A programação tem, além da festa de reabertura de hoje, atrações especiais a cada dia da semana.
 
Nas quartas, o projeto Vitrolagem reúne discotecagens com discos em vinil, com os DJs residentes Murilo Mongelo e Schasko e seus convidados. A cada edição, a dupla chama novos parceiros musicais para dividir as pick ups e passear por ritmos diversos da black music, pop, soul e eletrônica. Na mesma noite, há desconto de 50% em todo o cardápio do Japonero, o espaço de gastronomia oriental do 55, assinado pelo King Temaki.
 
Às quintas-feiras, a banda Dardos e Caramelos comanda o palco, com shows que misturam rock, pop e levadas contemporâneas.
 
Sextas e sábados é a vez dos DJs de house music se revezarem, pilotando a noite em clima de lounge. Domingo, a saideira da semana fica a cargo do projeto Sunday Sunset, com convidados.
 
 
BAR + 55
 
Funcionamento: De terça-feira a domingo, a partir das 18h.
Endereço: R. Vicente Machado, 866 – Batel, Curitiba, PR
Informações e reservas: (41) 3322-0900 | www.cincocinco.com.br

LOUCAS PARA CASAR E PINGUINS AGITAM TELONAS

A comédia brasileira “Loucas Pra Casar” traz um divertido quadrilátero amoroso, no qual três mulheres disputam a preferência de um desejado bom partido. Já em “Os Pinguins de Madagascar”, as simpáticas aves da série ganham seu filme próprio, pintando e bordando em 3D.



LOUCAS PRA CASAR traz no elenco Ingrid Guimarães, Tatá Werneck, Márcio Garcia e Suzana Pires. Na trama, Malu (Ingrid Guimarães) tem 40 anos e trabalha como secretária de Samuel (Márcio Garcia), o homem de sua vida. Apesar de estarem namorando há três anos, não há o menor indício de que um pedido de casamento esteja por vir. Um dia, Malu percebe que faltam algumas camisinhas no estoque pessoal do namorado e logo deduz que ele tem uma amante. Após contratar um detetive particular, ela descobre que há mais duas mulheres na vida de Samuel: a dançarina de boate Lúcia (Suzana Pires) e a fanática religiosa Maria (Tatá Werneck). É claro que as três irão disputar a preferência do amado.
 
Uma comédia de animação para toda a família, “Os Pinguins de Madagascar” traz a mais nova aventura dos bichos que estão entre os mais simpáticos e adorados da franquia que deu origem à série.  Agora eles formam uma tropa de elite de várias espécies que parte para salvar o mundo e outros animais em perigo. 
 
Os filmes podem ser conferidos em Curitiba nas unidades do Cinesystem nos shoppings Curitiba, Total e Cidade. 

Série de concertos com obras de Brahms e Prokofiev encerra-se com apresentação no Paiol


Repertório para cordas e sopro será apresentado no sábado, 10 de janeiro, dentro da programação da Oficina de Música

Durante 2014, o projeto "Temas: Obras para cordas e sopro" levou semelhanças entre as obras do compositor alemão Johannes Brahms e o russo Serguei Prokofiev para os palcos de Curitiba e do Paraná. A série chega agora ao fim com um concerto neste sábado, dia 10 de janeiro, às 18h30, no Teatro do Paiol. A apresentação faz parte da programação da Oficina de Música de Curitiba.

Separados por fronteiras e por alguns anos de vida, Brahms e Prokofiev apresentaram alguma semelhança em suas obras durante um período. É isso que o quinteto formado por Maria Ester Brandão (primeiro violino), Alexandre Brasolim (segundo violino), Alexandre Razera (viola), Maria Alice Brandão (violoncelo) e Marcelo Oliveira (clarineta) reuniu no programa, que conta com "Quinteto para clarineta e cordas opus 115", de Brahms, e "Abertura sobre temas hebreus", de Prokofiev.

"Queríamos aproveitar os termos de importância e relevância das músicas e dos participantes do projeto", explica o clarinetista do projeto, Marcelo Oliveira. As peças estrategicamente se complementam e têm formações quase idênticas, com solos de clarineta, violinos, viola e violoncelo. Ao quinteto de cordas e sopro soma-se um piano na composição do autor russo, executado por Rodrigo Oliveira.

"Juntar as duas obras foi natural pela qualidade delas e também pela formação parecida", acrescenta o clarinetista. A obra de Prokofiev, mais festiva, fecha o programa que inicia em um mergulho de sensações dramáticas e escuras preparadas por Brahms.

Quinteto para clarineta e cordas opus 115
Obra do compositor alemão Johannes Brahms (1833 - 1897), foi uma das suas últimas composições, escrita em 1891, época em que se encantou pela clarineta e voltou a compor após anunciar sua aposentadoria um ano antes. É uma de suas fases mais festejadas. Tem um quê de melancolia e um toque cigano em partes mais lentas.

Abertura sobre temas hebreus
Composição do russo Serguei Prokofiev (1891 - 1953), uma das figuras mais importantes da música soviética e que foi um dos mais celebrados compositores do século 20. Escreveu a peça em 1919, durante uma visita aos Estados Unidos. A obra contempla uma sonoridade com traços e elementos judaicos, encerrando o programa para cima.

O projeto
"Temas: Obras para cordas e sopros" foi contemplado pelo Mecenato da Fundação Cultural de Curitiba e conta com o patrocínio do Banco do Brasil. Com produção Bruna Bayley, o projeto tem apoio da Sanepar, Museu Oscar Niemeyer, Padaria América e L'Osteria Concheta.

Serviço:
"Temas: Obras para cordas e sopro"
10 de janeiro, sábado, 18h30
Teatro do Paiol - Praça Guido Viaro, s/n
R$ 10 e R$ 5

Papo Sério - Pesquisa Nacional de Saúde

A Pesquisa Nacional de Saúde (PNS), realizada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) e pelo Ministério da Saúde, visitou cerca de 80 mil domicílios em 1.600 municípios de todo o país, no segundo semestre de 2013, e seus resultados preliminares trazem informações sobre hábitos alimentares, tabagismo, consumo de bebidas alcoólicas e doenças crônicas não transmissíveis. Atualmente, as doenças crônicas não transmissíveis (DCNT) (como doenças cardiovasculares, câncer, diabetes, enfermidades respiratórias crônicas e doenças neuropsiquiátricas) respondem por mais de 70% das causas de morte no país. A PNS estimou que entre as pessoas com 18 anos ou mais no Brasil:
  • 37,3% consumiam cinco porções diárias de frutas e hortaliças (quantidade recomendada pela OMS). A frequência de mulheres (39,4%) com esse padrão de consumo era maior que a dos homens (34,8%);
  • 37,2% consumiam carne ou frango com excesso de gordura;
  • 23,4% consumiam refrigerantes pelo menos cinco dias por semana e 21,7% faziam consumo regular de bolos, tortas, chocolates, balas e biscoitos doces;
  • 14,2% consumiam sal em porção diária alta ou muito alta. Esse percentual entre as mulheres (12,5%) era menor que o dos homens (16,1%);
  • 24,0% consumiam bebida alcoólica uma vez ou mais por semana. Essa frequência era quase três vezes maior entre os homens (36,3%) do que entre as mulheres (13,0%). A pesquisa também aponta que 27,4% dos homens dirigiam após beber, contra 11,9% entre as mulheres;
  • 46,0% não praticaram qualquer atividade física no lazer nos últimos três meses, não realizaram esforços físicos intensos no trabalho, não se deslocaram para o trabalho ou a escola a pé ou de bicicleta. As mulheres mostraram as frequências mais altas de inatividade;
  • 12,7% dos adultos eram fumantes diários e 17,5% eram ex-fumantes;
  • 21,4% referiram o diagnóstico médico de hipertensão arterial, com maior proporção entre as mulheres (24,2%) do que entre os homens (18,3%);
  • 6,2% receberam diagnóstico de diabetes, e a maior incidência era entre as mulheres (7,0%). Entre as complicações de saúde decorrentes do diabetes, a mais relatada foi a ocorrência de problemas de visão. Já o colesterol alto foi diagnosticado em 12,5% dos adultos e a proporção foi maior entre as mulheres (15,1%) do que entre os homens(9,7%);
  • 1,5% receberam diagnóstico de acidente vascular cerebral (AVC) ou derrame e 4,2% tiveram diagnóstico médico de alguma doença do coração;
  • 18,5% tinham problema crônico de coluna, percentual que aumenta entre pessoas sem instrução e com fundamental incompleto (24,6%);
  • 7,6% receberam diagnóstico de depressão por profissional de saúde mental;
  • 1,8% obtiveram diagnóstico de câncer. Os quatro tipos mais frequentes de câncer encontrados pela PNS foram o câncer de mama (relatado por 39,1% das mulheres), de pele (que incidia em 16,2% dos adultos), de próstata (36,9% dos homens) e o de colo de útero (11,8% das mulheres);
Assim, a partir dessa pesquisa, os formuladores de políticas públicas e o público em geral passam a ter informações mais precisas sobre características gerais da saúde da população brasileira e os desafios a serem superados.

Análise: Ana Luíza Matos de Oliveira, economista
As opiniões aqui expressas são de inteira responsabilidade do seu autor,
não representando a visão da FPA ou de seus dirigentes.