terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Tropkillaz, Heavy Baile e MC Carol lançam clipe de "Toca Na Pista" ​


Quando um dos maiores nomes da cena trap internacional alia-se à expertise de um dos coletivos mais vibrantes da cena carioca e à voz inconfundível de uma MC dona de um dos álbuns mais elogiados de 2016, o resultado não poderia ser outro, além de pesado. Com produção da KondZilla Filmes, Tropkillaz, Heavy Baile e MC Carol finalmente lançam o tão aguardado clipe do hit “Toca na Pista” https://www.youtube.com/watch?v=H9I7L8aApAc&feature=youtu.be.
Gravado na Tavares Bastos, favela do Rio de Janeiro, o clipe retrata a realidade do funk na cidade. O ritmo que conquistou o país inteiro ainda sofre muito preconceito, principalmente no seu lugar de origem. Os bailes funk praticamente desapareceram após a chegada das UPPs e hoje, é quase impossível, para quem é do morro ou do asfalto, curtir o funk nas comunidades como ocorria nos anos 2000.
A parceria entre Tropkillaz e Heavy Baile foi divulgada oficialmente como single em 2016, dentro do selo Buuum, com direção artística de Zegon. Ao lado de Laudz, Zegon forma o duo Tropkillaz, que mistura trap, bass e ritmos brasileiros em um som contagiante. Já o Heavy Baile é a junção de dois mundos cariocas: o da ‘pista’ de Leo Justi - produtor responsável pelo álbum “Bandida” de MC Carol e idealizador do coletivo -, que cria a vibe incorporando beats pesados às suas produções diferenciadas; e o ‘mundo da favela’ de MC Tchelinho, que transforma a sua vivência na comunidade da Cruzada de São Sebastião em rimas e performances memoráveis; encontro explosivo que o público confere nas festas produzidas pelo coletivo.

Seja onde for, “Toca na Pista” coloca todo mundo pra dançar. Prova disso foi sua estreia, no show de Karol Conka durante o Lollapalooza Brasil 2016. "A Conka já queria chamar uma mulher pra se apresentar com ela no Lolla e no dia que cantei a canção pela primeira vez com o Tropkillaz e Heavy Baile numa festa em SP, foi que a gente se conheceu... Foram eles que nos apresentaram e parecia que a gente se conhecia há anos! Daí surgiu o convite pro festival, a parceria em '100% Feminista'...", lembra MC Carol.

Claustrofobia assina endorsement com renomada EMG PICKUPS

A banda Claustrofobia, um dos principais nomes da história do heavy metal brasileiro, é o mais novo endorsee da empresa norte-americana EMG PICKUPS, uma das maiores e conceituadas marcas de captadores do Mundo devido ao elevado padrão de qualidade de seus produtos. James Hetflield (Metallica), Kerry King (Slayer), Andreas Kisser (Sepultura), Zakk Wylde (Black Label Society), Prince, Glenn Tipton (Judas Priest), entre outros, fazem parte do time da EMG PICKUPS. Neste momento, grupo está promovendo o aclamado novo álbum “DOWNLOAD HATRED”, considerado um dos melhores trabalhos de 2016, segundo a imprensa especializada.



Considerada uma das mais talentosas da metal sul-americano, banda entrou para o dream team da multinacional norte-americana – foto: divulgação

O Claustrofobia, um dos principais nomes da história do heavy metal brasileiro, não para de agregar importantes marcas ao seu nome. Com excepcional feedback sobre o novo álbum “DOWNLOAD HATRED”, considerado um dos melhores trabalhos de 2016, o grupo fechou mais uma grande parceria.

A renomada empresa norte-americana de captadores EMG PICKUPS acaba de assinar contrato de endorsement com os músicos Marcus D´Angelo (vocal/guitarra), Douglas Prado (guitarra) e Daniel Bonfogo (baixo).

Os artistas agora fazem parte de um time invejável de estrelas como James Hetflield (Metallica), Kerry King (Slayer), Andreas Kisser (Sepultura), Zakk Wylde (Black Label Society),
Glenn Tipton (Judas Priest), Prince, entre outros monstros da música mundial. Confira a lista completa em http://www.emgpickups.com/artist/index.

Segue link de cada integrante no site oficial da EMG:
Marcus D´Angelo: http://www.emgpickups.com/artist/index/view/id/855
Douglas Prado: http://www.emgpickups.com/artist/index/view/id/856
Daniel Bonfogo: http://www.emgpickups.com/artist/index/view/id/857

É uma honra muito grande entrar para o cast de artistas da melhor marca de captadores do mundo! Sempre procuramos o som dos nossos ídolos e todos eles usam captadores EMG. Portanto, é extremamente gratificante ser reconhecido e ter o apoio da EMG”, declarou Douglas Prado.

Daniel Bonfogo também comentou sobre a parceria. “Será ótimo poder contar com os equipamentos e a tecnologia de ponta da deles, com certeza, vai deixar o som do Claustrofobia ainda mais pesado e brutal, tanto em estúdio, como para o palco”.

Com certeza, é a peça fundamental entre nossa inspiração e nosso som. Ter o aval, a confiança e o suporte da própria marca nos EUA, é algo mais do que especial, é um reconhecimento ao nosso trabalho de muitos anos, isso sem contar o fato de o nome do Claustrofobia estar figurando ao lado dos maiores artistas do Mundo, é algo que nos deixa realmente felizes e fortalece a nossa jornada. É uma honra se juntar a família EMG”, disse Marcus D´Angelo.

Neste momento, o Claustrofobia está na estrada promovendo o aclamado “DOWNLOAD HATRED”, que recentemente foi lançado nos EUA, Canadá, Japão e Rússia pela gravadora canadense PRC Music. Na América Latina, o registro está disponível nas principais plataformas digitais como Deezer, iTunes, Spotfy, OneRPM e Google Play, via Wikimetal. No Brasil, o disco chegou ao mercado via Die Hard Records (http://diehard.com.br/detalhe_produto.php?codProd=nKzWMzcyNzE).

Este trabalho, que traz participação especial dos ilustríssimos guitarristas Andreas Kisser (Sepultura) e Moyses Kolesne (Krisiun), foi gravado no Norcal Studios, em São Paulo, conta com a produção e mixagem do renomado Russ Russell, famoso por já ter trabalhado ao lado de nomes como Napalm Death, Dimmu Borgir, The Exploited, Amorphis, New Model Army, entre outros. A masterização ficou por conta do norte-americano Brendan Duffey, na C
alifórnia (EUA).


“DOWNLOAD HATRED” apresenta 10 brilhantes músicas enraizadas em todas as formas clássicas do extreme thrash, death metal e até grindcore. No entanto, a banda parece que finalmente chegou a sua tão almejada musicalidade, com riffs modernos, que emanam extrema agressividade, refrãos marcantes, solos muito bem trabalhados e inteligentes, além de honrar toda a majestosa escola do heavy metal brasileiro.

Confira o lyric video da própria música “DOWNLOAD HATRED”, produzido pela Kaiowas Filmes e editado por Léo Alves, em https://www.youtube.com/watch?v=7ZqQFBM0YiU.

Produtores interessados em contratar o espetáculo do Claustrofobia devem enviar e-mail para contato@claustrofobia.com.br.

Fundação Ema Klabin promove curso sobre Civilização Egípcia Antiga e sua Cultura

Uma das  maiores especialistas brasileiras no assunto, Cintia Gama,   integrante de  duas missões arqueológicas no Egito, ministra os encontros
Tumba de khnumhotep  II -  Beni Hassan  -  Divulgação 
A Fundação Ema Klabin promove de 4 de março a 24 de junho o Curso “ Civilização Egípcia Antiga e sua Cultura”. Serão nove encontros, sempre aos sábados, das 15h às 17h.
A palestrante e mestre em arqueologia , Cintia Gama Rolland, apresentará os diversos aspectos da cultura egípcia evidenciando características tão particulares desse povo, como sua história, religião, arquitetura, os faraós e seus templos, a vida cotidiana, alimentação, acervos, entre outros.
 
Sobre a palestrante: 
   
Cintia Gama Rolland é doutora em religião egípcia antiga pela École Pratique des Hautes Études – Sorbonne, Paris; antiga conselheira científica no departamento de antiguidades egípcias do Museu do Louvre. Mestre em Arqueologia pela UFRJ, graduada em história pela USP; integrante de duas missões  arqueológicas no Egito : missão francesa de escavação de Tanis e missão Italiana de escavação da Tumba de Harwa, em Luxor e  professora de História da  gastronomia. 
Serviço:
Palestra: Civilização Egípcia Antiga e sua Cultura” com  Cintia Gama
Data: Sábados – Nove encontros - 04 de março a 24 de junho
Aula I: História do Egito Antigo - 04 de março
Aula II: A religião egípcia antiga - 25 de março
Aula III: A religião funerária - 01 de abril
Aula IV: A arquitetura egípcia - 29 de abril
Aula V: O poder faraônico e os templos memoriais - 06 de maio
Aula VI: A vida quotidiana - 27 de maio
Aula VII: A alimentação egípcia antiga - 03 de junho
Aula VIII: O Egito e o Antigo Testamento - 17 de junho
Aula IX: Acervos egípcios no mundo e o da coleção da Fundação Eva Klabin - 24 de junho
Investimento:  R$ 410,00 
Vagas: 30
Informações e/ou inscrições
ou pelo tel: (11) 3897-3232
Local: Fundação Ema Klabin  - Endereço:  Rua Portugal, 43, Jardim Europa, São Paulo 
Não há estacionamento no local

Tatá Aeroplano comemora 15 anos de carreira e faz 4 shows inéditos no Centro da Terra dias 6, 13, 20 e 27 de março


O espaço cultural Centro da Terra, que está inaugurando seu novo espaço de convivência e café, convidou o jornalista Alexandre Matias para fazer a curadoria de shows de música e o primeiro fruto desta parceria é a temporada que comemora 15 anos da carreira do músico, cantor e compositor Tatá Aeroplano. São quatro shows diferentes em cada segunda-feira de março que mostram as diferentes facetas deste artista que já é um dos principais nomes da cena independente brasileira.
Os shows acontecem todas segundas-feiras e serão divididos com diferentes formações e projetos - clássicos e novos da carreira de Tatá. O primeiro show é o lançamento do disco Cosmic Damião, da dupla Frito Sampler, composta também por Julia Valiengo (dia 6 de março), seguido do show inédito ao lado de Bárbara Eugênia, mostrando o disco composto em dupla que será lançado no meio de 2017 (dia 13 de março). O terceiro show é uma apresentação do projeto Zeroum, ao lado do músico Paulo Beto (dia 20 de março) e encerrando com a apresentação do disco Step Psicodélico, ao lado dos músicos Dustan Gallas (Cidadão Instigado), Junior Boca (Otto), Bruno Buarque (Karina Buhr), Dj Marco (Criolo) e Julia Valiengo (Trupe Chá de Boldo).
Frito Sampler
O show do Frito Sampler com sua banda intitulada Hippie Hunters é uma experiência musical/visual como poucas. Mistura cinema, teatro, quadrinhos e contracultura numa performance ousada e dançante. O Frito Sampleré um personagem criado pelo músico e compositor Tatá Aeroplano, que sobe no palco acompanhado por Julia Valiengo (Trupe Chá de Boldo), Pedro Gongom (Gustavo Galo), Otávio Carvalho (Vitrola Sintética), Marcos Till (Tigre Dente de Sabre) e Moita Mattos (Porcas Borboletas). Com esse show, "Tatá Aeroplano" encarnando "Frito Sampler", resgata as performances nonsenses e marcantes que apresentava com a banda "Jumbo Elektro".
Frito Sampler na rede:
Clipe da canção "Cosmic Damião": https://www.youtube.com/watch?v=0_SG0hLlTuo
Clipe da canção "Aladins Bakunins": https://www.youtube.com/watch?v=v-BAkkLYREo
Bárbara Eugênia & Tatá Aeroplano
O terceiro show é uma apresentação do projeto Zeroum, ao lado do músico Paulo Beto (dia 20 de março) e encerrando com a apresentação do disco Step Psicodélico, ao lado dos músicos Dustan Gallas (Cidadão Instigado), Junior Boca (Otto), Bruno Buarque (Karina Buhr), Dj Marco (Criolo) e Julia Valiengo (Trupe Chá de Boldo). Em novembro de 2014 Tatá Aeroplano e Bárbara Eugênia passaram alguns dias na Fazenda Serrinha com o objetivo de compor material para um álbum inédito da dupla. Eles voltaram pra sampa cheios de músicas na bagagem e agora se preparam para registrar esse novo álbum com Bruno Buarque, Dustan Gallas e Junior Boca.
Antes de entrar em estúdio eles apresentam as novas canções em show intimista, dia 13 de março, no Centro da Terra.
Na rede:
Zeroum
Zeroum é um projeto idealizado pelo mestre Paulo Beto, que também dirige as bandas Anvil Fx e Frame Circus e é um dos principais produtores musicais atuando no Brasil. Atualmente como duo, Tatá Aeroplano e Paulo Beto, Zeroum é uma experiência psicossônica rock/eletrônica inspirada na cena alemã dos anos 70, na cena No Wave de NYC 80’s. O conceito do trabalho é baseado em estruturas simples que se sobrepõem formando desenhos complexos. Uma inflamada mistura de inspiração, improvisação e bases eletrônicas contagiantemente dançantes. Bases demolidoras com sons digitais e analógicos e vocais altamente insanos. A dupla entrou em estúdio recentemente e lançam o disco no segundo semestre!
Na rede:
Step Psicodélico
Acompanhado de Dustan Gallas (Cidadão Instigado), Junior Boca (Otto), Bruno Buarque (Karina Buhr), Dj Marco (Criolo) e Julia Valiengo (Trupe Chá de Boldo), Tatá Aeroplano aterriza cantando canções dançantes, alegres e envolvente, presentes no álbum "Step Psicodélico", indicado como um dos melhores lançamentos de 2016 pela APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte de São Paulo). No repertório, além das músicas do Step Psicodélico, faz um passeio pelos seus dois discos anteriores com músicas emblemáticas como “Tudo Parado na City”, “Night Purpurina” e “Entregue A Dionísio”, entre outras. Nesse show Tatá resgata o espírito festivo e maluco beleza das bandas Cérebro Eletrônico e Jumbo Elektro.
Step Psicodélico na rede:
Canção "Step Psicodélico" no programa Cultura Livre: https://www.youtube.com/watch?v=XZpWTkRUuiI
Canção "Eu Inezito" no programa Cultura Livre: https://www.youtube.com/watch?v=WloTnUTxZV0

Serviço
Show: Tatá Aeroplano
Datas: 6, 13, 20 e 27 de março de 2017
Local: Centro da Terra
Endereço: Rua Piracuama, 19 – Sumaré – São Paulo/SP
Horário: 20h
Preço: R$30 (Inteira) / R$15 (Meia)
Capacidade: 100 pessoas

Informações: (11) 3675 1595 / www.centrodaterra.com.br

Banda Estralo recria clássicos da MPB e do Rock’n’Roll para crianças

Em shows marcados por muita diversão, poesia, cores e ritmos, artistas da Banda Estralo apresentam nomes da música brasileira utilizando diversas linguagens artísticas, como teatro, dança e performance.Os shows acontecem em todos os finais de semana de março, no Teatro MorumbiShopping 
 
Show Estralando o Rock faz uma viagem pela história do rock nacional unindo gerações.    Foto: Italo Cardoso 
 
Com o objetivo de apresentar diversas faces da música brasileira para os pequenos, a Banda Estralo leva ao Teatro MorumbiShopping, no mês de março, os shows Estórias de Cantar (sábados, às 15h) - com repertório baseado na MPB - e Estralando o Roque (domingos, às 15h), uma viagem pela história do Rock’n’Roll nacional. O set list dos shows inclui artistas brasileiros reconhecidos em todo o mundo, como Vinicius de Moraes, Marisa Monte, Arnaldo Antunes, Mutantes, Milton Nascimento e muitos outros.
O grupo é composto pelos “Estralantes” Marcos Lucatelli (voz e violão), Luanda Eliza (voz e performance), Lilyan Teles (voz, performance e escaleta), Mauricio Damasceno (percuteria) e Edson Barreto “Renatinho” (baixo). Idealizado por Luanda e Marcos, os artistas criam novos arranjos para canções já consagradas.
Segundo Luanda, os espetáculos selecionados para temporada no Teatro MorumbiShopping geram reações muito distintas no público. “Brincamos que enquanto no Estórias de Cantar os pais assistem aos filhos se emocionarem, no Estralando o Roque são os filhos que reparam na empolgação dos pais”, diz Luanda.
Arte educadores e artistas preocupados em levar mais conhecimento musical às crianças, a Banda Estralo cria uma narrativa dramatúrgica para cada show. Todas as canções são ligadas por encenações e diálogos que conectam e dão unidade à apresentação. Além desses dois shows, o grupo também conta com apresentações em homenagem à Carmen Miranda e Luiz Gonzaga.
Sobre os shows
Foto: Italo Cardoso
Em Estórias de Cantar, um tributo à Música Popular Brasileira, os vocais são intercalados com recitação de poesias, como O Relógio, de Vinicius de Moraes, Convite, de José Paulo Paes, e A Bailarina, de Cecília Meireles.
O show também traz momentos de interação direta com as crianças.
 Após a leitura de A Bailarina, por exemplo, a Banda apresenta a música Ciranda da Bailarina (Chico Buarque e Edu Lobo), enquanto uma ou mais crianças da plateia são convidadas ao palco para se tornarem artistas por alguns instantes.
Os adultos irão relembrar canções clássicas enquanto os pequenos terão a oportunidade de conhecer artistas como Vinícius de Moraes, Milton Nascimento, Arnaldo Antunes e Marisa Monte.
Estralando o Roque faz jus ao título. Após pedirem autorização de Raul Seixas para entrarem na história do rock nacional, os “Estralantes” agradecem o artista com um pout-porri das músicas Mosca na Sopa, Eu Nasci Há Dez Mil Anos Atrás e Metamorfose Ambulante. A viagem vai desde 1956, com Enrolando o Rock (Cauby Peixoto), considerado por muitos o primeiro rock nacional, até 1990.
Neste caminho, cruza-se por Celly Campelo dançando rock com seu Broto Legal, pelo rei Roberto Carlos conquistando mil garotas com O Calhambeque, pelo “soft rock” cheio de poesia do Legião Urbana em Quando o Sol Bater na Janela do Teu Quarto e outros figurões do gênero.
Um dos pontos altos do show é quando uma velhinha muito mal humorada interrompe a apresentação da banda para reclamar do som do rock. Ela começa uma discussão utilizando a letra do hit Esse tal de Roque Enrow, música de Rita Lee que narra as agruras de uma mãe conversando com um médico sobre hábitos muito suspeitos da sua filha, uma fã convicta do Rock’N’Roll.
 
Esquentando o Carnaval
Em fevereiro, a banda Estralo esquenta o Carnaval com o show Bailinho Estralante com Carmen Miranda que homenageia a cantora luso-brasileira, célebre por suas versões únicas de canções como “O que é que a baiana tem” e “Aquarela do Brasil”.  Os shows de fevereiro acontecem nos Sesc Santo André (25 e 27), Sesc Bom Retiro (28) .
 
Sobre a Banda Estralo
A Banda Estralo surgiu em 2009 com o encontro do músico Marcos Lucatelli e a atriz Luanda Eliza, que têm em comum a arte educação e fascinação pelo trabalho com crianças e suas vastas possibilidades. Foi desta amizade e interação que nasceu o show Estórias de Cantar.
A partir disso, mais “estralantes” se juntaram ao grupo, com muitas experiências artísticas, bom humor e um desejo em comum: Cantar estórias que trazem alegria, emoção e a eterna certeza de que ser criança, não depende da idade e nem do tamanho!
 
Serviço
Banda Estralo. Estórias de Cantar. Entre 4 e 25 de março, sábados, às 15h. Estralando o Roque. Entre 5 e 26 de março, domingos, às 15h. Ingressos: R$ 60,00 (inteira) e R$ 30 (meia). Classificação: Livre. Capacidade: 250 lugares. Duração: 70 minutos
Horário de funcionamento da bilheteria: de Terça a Quinta das 14h às 20h; Sexta das 14h às 21h; Sábado das 11h às 21h; Domingo das 11h às 19h.Telefone: 5183-2800. Estacionamento Comum: até 2 horas – R$ 15,00. Demais horas: R$ 3,00. Estacionamento Valet: até 1 hora – R$ 18,00. Demais horas ou fração adicional – R$ 8. Estacionamento Motos: a cada 4 horas – R$ 10. Teatro MorumbiShopping. Endereço: Av. Roque Petroni Junior, 1089, Estacionamento do Piso G1, Jardim das Acácias, São Paulo.

Carnaval ao som de rock terá cinco noites no Sheridan's


 
Os roqueiros podem celebrar o Carnaval em cinco dias de programação do Sheridan's Irish Pub. O estilo toma conta das festividades no tradicional CarnaRock com treze bandas revezando o palco e a animação, desta sexta até a terça-feira. A casa abre nestes dias às 19h, com shows a partir das 20h30. Entre os destaques estão grupos como Lely and the Tops, DeLorean, Lucky 7, TN'She e U2 Cover.
 
Na sexta-feira (24/2), o agito começa com a banda B.E.T.3, que inclui no repertório destaques clássicos nacionais e internacionais, indo de Led Zeppelin e Metallica a Titãs e Paralamas do Sucesso. Tinto Seco continua a noite focando em grandes sucessos dos anos 70.
 
O sábado do CarnaRock começa com Lely and the Tops, com a cantora Lely Quinn comandando os vocais em versões rock de sucessos do pop dos anos 90. Em seguida, a banda Lucky 7 apresenta seu mix de rockabilly e blues dançante, de Elvis a Roy Orbison. A noite tem ainda Delorean e sua viagem musical, inspirada pelo filme "De Volta Para o Futuro", com destaques do pop rock dos anos 80, 90 e 2000. A banda interpreta nomes como David Bowie, Talking Heads, Blondie, Madonna e The Clash. Domingo tem Banks com rock britânico dos anos 80 e 90, RockBugs com clássicos como AC/DC e Deep Purple, e 91Rock interpretando destaques do hard e heavy.
 
Syd Vinicius abre a segunda-feira com seus vinte anos de carreira voltados ao rock nacional, interpretando Mutantes e Barão Vermelho, e internacional, de The Doors a Pink Floyd. U2 Cover traz suas versões da banda do rock irlandês, enquanto TN'She tem seu grupo exclusivamente formado por mulheres cantando AC/DC. Na terça, para encerrar o Carnaval, Válvula Vapor inicia a noite com seu repertório voltado ao rock nacional dos anos 80, e Legião Urbana Cover Curitiba, interpretando as canções mais marcantes da banda de Renato Russo.
 
 
CarnaRock do Sheridan's Irish Pub
 
DATA: Sexta-feira, 24 de fevereiro
HORÁRIO: 19h
ATRAÇÕES: B.E.T.3 + Tinto Seco
ENTRADA: feminina R$ 5 até 21h após R$ 10, masculina R$ 25 a noite toda
 
DATA: Sábado, 25 de fevereiro
HORÁRIO: 19h
ATRAÇÕES: Lely and The Tops + Lucky 7 + Delorean
ENTRADA: feminina R$ 5 até 21h após R$ 10, masculina R$ 25 a noite toda
 
DATA: Domingo, 26 de fevereiro
HORÁRIO: 19h
ATRAÇÕES: Banks + RockBugs + 91Rock
ENTRADA: feminina R$ 5 até 21h após R$ 10, masculina R$ 25 a noite toda
 
DATA: Segunda-feira, 27 de fevereiro
HORÁRIO: 19h
ATRAÇÕES: Syd Vinicius + U2 Cover + TN'She
ENTRADA: feminina R$ 5 até 21h após R$ 10, masculina R$ 25 a noite toda
 
DATA: Terça-feira, 28 de fevereiro
HORÁRIO: 19h
ATRAÇÕES: Válvula Vapor + Legião Urbana Cover Curitiba
ENTRADA: feminina R$ 5 até 21h após R$ 10, masculina R$ 25 a noite toda
 
ENDEREÇO: Rua Bispo Dom José, 2315 – Batel, Curitiba - PR

INFORMAÇÕES: (41) 3343-7779 | www.sheridansirishpub.com.br

Cristiane Bouger apresenta performance sobre o estereótipo feminino abordado em propagandas de cerveja das décadas de 1980 e 1990

 

Chamada UNBEER SONATA, Estudo N. 2, a apresentação da artista acontece dentro do projeto
20 MINUTOS.MOV, de Cândida Monte, contemplado pelo Rumos Itaú Cultural (2015-2016)
e que, desde 2010, já acolheu pesquisas de 16 artistas atuantes em dança, artes visuais, música, literatura e teatro

  

A performer, escritora e dançarina curitibana Cristiane Bouger, residente em Nova York, apresenta UNBEER SONATA, Estudo N. 2, no dia 23 de fevereiro. A apresentação faz parte do projeto de residência artística de Cândida Monte, 20 MINUTOS.MOV, contemplado pelo Rumos Itaú Cultural (2015-2016), um dos principais programas de fomento à cultura do país. A perfomance acontece no Guairacá Cultural, em Curitiba (PR), após a realização do laboratório Pensamento Crítico e a Tolerância à Incerteza, ministrado aos residentes e convidados. É aberta ao público.

 

Para dar corpo à ação-base do seu trabalho, Cristiane criou o termo unbeer, que significa “descerveja/descervejar”. O ato de “descervejar”– o qual consiste em esvaziar garrafas de cerveja de diversas marcas, quebrando-as contra o chão – cria uma sonata composta de ruídos, gerando uma quantidade significativa de cacos de vidro e líquido, transformando o espaço da ação. É uma resposta irônica ao estereótipo feminino amplamente promovido por campanhas publicitárias de cerveja das décadas de 1980 e 1990, período no qual a artista cresceu. Embora mudanças significativas tenham ocorrido a partir de 2008, após o Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (CONAR) ter designado que modelos publicitários nunca devem ser tratados como objetos sexuais, a objetificação do corpo feminino é ainda perceptível em campanhas contemporâneas.

 

Em UNBEER SONATA, a performer e solista é agente intermediadora da execução de uma sonoridade ríspida e da transformação do espaço com suas alterações e desafios tangíveis. A repetição e evolução da sonata são impulsionadas a partir do descontentamento e ironia endereçados ao contexto que a artista observa e critica. A persistência da ação retorna a violência simbólica dos comerciais de TV com sua reverência supostamente elogiosa à sensualidade da mulher brasileira. “O imaginário dos meus trabalhos revelam exames existenciais e simbólicos sobre o corpo, biografia, ficção, cultura e política. Por meio da minha prática interdisciplinar busco provocar dissonâncias e o deslocamento de significados para incitar uma apreensão perceptiva inesperada nos observadores”, explica Cristiane. “Busco a fenda na qual o reconhecimento automatizado do significado falha, possibilitando espaço para reflexão e questionamento.”


20 MINUTOS.MOV

Desde a primeira edição em 2010, o projeto já acolheu as pesquisas de 16 artistas atuantes em dança, artes visuais, música, literatura e teatro, desenvolvendo-se como uma plataforma de múltiplas configurações, que procura provocar diálogos entre diferentes áreas artísticas. Esta é a quinta edição.

Cristiane Bouger

Já teve o seu trabalho apresentado em exposições, festivais e mostras de vídeo no Museu Oscar Niemeyer, Cinemateca de Curitiba, Casa Hoffmann e Centro Cultural Solar do Barão (PR); MAM – Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro; Centro Cultural São Paulo; Museu de Arte Moderna da Bahia; Movement Research at the Judson Church, Center for Performance Studies – CPR, Anthology Film Archives, ACE Film Festival, Bushwick Open Studios e chashama 461 Gallery (Nova York); Rapid Pulse – Performance Art Festival (Chicago); Centrul National al Dansului Bucuresti (Bucareste); In-Presentable (Madri); Festival des Cinémas Différents (Paris); e Montage Video Dance Festival (Joanesburgo), entre outros. Em 2011 seu documentário Comunidade, Ativismo e a Cena Downtown, de 2006, foi traduzido e exibido em rede nacional na Romênia pelo canal TVR Cultural.

Em 2014 foi convidada pela dançarina Elisabete Finger para participar do programa de web rádio Discoreografia – Música, Dança e Blá-Blá-Blá, realizado pelo Itaú Cultural. Sua produção crítica tem sido publicada em livros, periódicos e revistas no Brasil (Relâche, Idança, EDUFBA, Arte da Cena/UFG e Editora Aeroplano); Estados Unidos (Performa Publications, Movement Research Performance Journal, American Realness Festival, The Ohio State University Libraries e Critical Correspondence); Portugal (Obscena – Revista de Artes Performativas) e Reino Unido (Routledge e The Live Art Development Agency/Oberon Books).

Foi tradutora do capítulo sobre a história da vídeodança no Brasil, escrito por Leonel Brum para a publicação Oxford Handbook of Screendance Studies (Oxford University Press, 2016). Em 2016 foi Editora Convidada do número de Performance da Abrigo Portátil – coleção em revista (Editora Medusa). Sua produção em poesia é recente e começou a ser divulgada através da antologia Fantasma Civil (XX Bienal Internacional de Curitiba, 2013) e da revista literária Bólide (Editora Medusa, 2014) e Bacamarte (2016). Em 2014 realizou uma leitura do seu trabalho Cosmografias na Casa do Sol /Instituto Hilda Hilst – IHH (Campinas) e na Brazilian Endowment for the Arts – BEA, em Nova York. Cristiane Bouger vive e trabalha em Nova York, onde foi artista residente do Movement Research (2012- 2014) e escritora residente da Performa Magazine (2012-2013). Suas pesquisas independentes incluem estudos nas cidades de Praga (República Checa) e em Kyoto (Japão).

Rumos Itaú Cultural

O Itaú Cultural mantém o programa Rumos desde 1997. Este que é um dos primeiros editais públicos do Brasil para a produção e a difusão de trabalhos de artistas, produtores e pesquisadores brasileiros, já ultrapassou os 52 mil projetos inscritos vindos de todos os estados do país e do exterior. Destes, foram contempladas mais de 1,3 mil propostas nas cinco regiões brasileiras, que receberam o apoio do instituto para o desenvolvimento dos projetos selecionados nas mais diversas áreas de expressão ou de pesquisa.

Os trabalhos resultantes da seleção de todas as edições foram vistos por mais de 6 milhões de pessoas em todo o país. Além disso, mais de mil emissoras de rádio e televisão parceiras divulgaram os trabalhos selecionados. Na última edição (2015-2016), as propostas inscritas foram examinadas, em uma primeira fase seletiva, por uma comissão composta por 30 avaliadores contratados pelo instituto entre as mais diversas áreas de atuação e regiões do país. Em seguida, passaram por um profundo processo de avaliação e análise por uma Comissão de Seleção multidisciplinar, formada por 22 profissionais que se inter-relacionam com a cultura brasileira, incluindo gestores da própria instituição.
                                                                                                                               
SERVIÇO:
UNBEER SONATA, Estudo N. 2
Dia 23 de fevereiro
Às 20h
Local: Guairacá Cultural
Rua São Francisco, 179 Centro - Curitiba, PR
Entrada Gratuita

Trajeto Lumen de fevereiro apresenta Dadi Carvalho


Pocket show e bate-papo gratuito acontecem na próxima quinta-feira (23), às 18h, no Shopping Curitiba

Inspiração para a música “O Leãozinho” de Caetano Veloso, Dadi Carvalho, que é instrumentista, compositor, produtor e cantor confirma presença no “Trajeto Lumen Ao Vivo” que acontece na quinta-feira (23), às 18h, no Shopping Curitiba.

O carioca fez parte dos grupos Novos Baianos e A Cor do Som, e participou dos discos de artistas como Jorge Ben, Tribalistas, Rita Lee, Barão Vermelho, Erasmo Carlos e acompanhou Mick Jagger na gravação da música “Scarlet”, no Rio de Janeiro. Compôs músicas conhecidas com Marisa Monte e Arnaldo Antunes, como “Não é proibido”, “Seja feliz” e “Devo lhe dizer”. Esta edição do projeto musical feito em parceria pela Lumen FM e o Shopping Curitiba, vai ter muita história e relembrar composições que marcaram épocas. 

O pocket show e bate-papo com Dadi Carvalho acontecem no Largo Curitiba (piso L2). Não é necessário ingresso para participar, é aberto ao público e transmitido ao vivo pela rádio Lumen FM. Quem quiser autógrafo, serão distribuídas senhas (limitadas) no dia e local da apresentação.
Informações no fone (41) 3271 -4700.

Sobre o “Trajeto Lumen Ao Vivo”
Seis anos possibilitando encontros e aproximando artistas e seus fãs da capital paranaense, o “Trajeto Lumen Ao Vivo” é um projeto musical gratuito e aberto ao público, resultado de uma parceria de sucesso entre a Rádio Lumen FM e o Shopping Curitiba. Cerca de 40 personalidades da música nacional já passaram pelo programa, que também é transmitido ao vivo pela rádio, entre elas: Tiê, Biquini Cavadão, Pato Fu, Nenhum de Nós, Ivan Lins, Mariana Aydar, Marcelo Jeneci, Tiago Iorc, Jair Oliveira, Leoni, Marina Lima, Teresa Cristina, Sandra de Sá, Paulinho Moska, Roberta Campos, Paula Lima, Filipe Catto, Paulo Ricardo, Tiago Abravanel, Fernanda Abreu, Preta Gil e Flávio Venturini.

Serviço
Trajeto Lumen ao Vivo – Dadi Carvalho
Data: 23 de fevereiro
Horário: 18h
Local: Largo Curitiba (Piso L2) do Shopping Curitiba | Av. Brigadeiro Franco, 2.300

Evento gratuito e aberto ao público.

Passeios guiados revelam história e cultura de Curitiba


 
Os patrimônios históricos revelam partes da vida da cidade, como marcos de um passado que se faz presente. Para explorar essa história, o Solar do Rosário organiza o primeiro encontro do "Passeios com História", que faz uma visita guiada pelo Teatro Guaíra. A professora Letícia Geraldi Ghesti coordena o evento, que acontece no dia 14 de março (terça-feira), às 15h. A visita tem 30 vagas, gratuito para os alunos do curso "Aspectos Históricos e Pitorescos de Curitiba" e aberto a não-alunos pelo valor de R$ 40. É necessária inscrição na Secretaria do Solar.
 
“O objetivo é valorizar o patrimônio histórico e perceber como as pessoas se ligam a isto”, comenta Letícia. “Curitiba tem um grande material histórico que poucos conhecem, muitos prédios tombados contam com visitação e nem todos sabem disso”. Mestranda em Direitos Humanos na PUC-PR, a professora busca discutir o patrimônio histórico. A primeira aula do seu curso no Solar, que acontece no dia 9 de março, é aberto ao público e discute o “Direito à Memória”, trazendo dois arquitetos convidados que falam sobre tombamento e preservação.
 
O curso surgiu da percepção de Letícia sobre esta falta de contato do curitibano com sua história. Ministra cursos no Solar do Rosário como “Paris e Seus Encantos”, “A Descoberta da Civilização Francesa” e “Francês Através da Música”. “As pessoas me perguntavam sobre a história da cidade, assim como tinham interesse nas raízes da França e Paris”, comenta Letícia. Com encontros semanais, "Aspectos Históricos e Pitorescos de Curitiba" acontece toda quinta das 17h às 18h30, o curso busca discutir as variadas construções curitibanas que marcaram a história da cidade, com edifícios que ultrapassam uma centena de anos. Do Paço da Liberdade, passando pelo Colégio Estadual e a Igreja da Ordem até a Praça Santos Andrade e a Casa Andrade Muricy, o curso valoriza o patrimônio local. O Passeio com História visa ampliar esta discussão histórica enquanto se conhece locais às vezes pouco visitados pelos curitibanos.
 
O Passeio com História
 
O primeiro Passeio com História inicia às 15h no Solar do Rosário, o conhecido casarão centenário no Centro Histórico da cidade. Inaugurado em 1992 como iniciativa privada focada no desenvolvimento artístico, o espaço abriga uma série de atividades artísticas em suas paredes de referências na arquitetura eclética característica do fim do século XIX. Os participantes seguem a pé até o Teatro Guaíra, próximo ao Solar, em um caminho que valoriza a vista de outros prédios históricos da região. O Teatro Guaíra tem uma história que remonta desde o século XIX, quando se localizava no espaço hoje ocupado pela Biblioteca Pública do Paraná. Reinaugurado nos anos 1950, apogeu econômico do Paraná e época de grande evolução cultural. Assinado pelo engenheiro Rubens Meister, precursor da arquitetura moderna no estado, conta com três auditórios que reúnem grandes apresentações tanto de artistas e grupos artísticos locais quanto nacionais e internacionais.
 
 
Passeios Com História do Solar do Rosário
 
Data: 14 de março, terça-feira
Horário: encontro às 15h no Solar do Rosário, saída a pé para o Teatro Guaíra
Investimento: gratuito para alunos do curso “Aspectos Históricos e Pitorescos de Curitiba", R$40 para não-alunos - é necessária inscrição na secretaria do Solar.
Endereço: Rua Duque de Caxias, 4 - Centro Histórico - Curitiba

Informações: (41) 3225-6232 | www.solardorosário.com.br

O Clube do Livro do Solar do Rosário destaca Kafka em fevereiro


Um dos mais cultuados escritores do século XX é o destaque na edição de fevereiro do Clube do Livro do Solar do Rosário. Nesta terça-feira (21/2), Franz Kafka e sua obra "A Metamorfose" serão discutidas no evento, ministrado pela professora Liana Zilver Vivekananda. Com início às 17h e término às 18h30, o encontro literário também é acompanhado pelas delícias do Café do Solar, com um lanche  que incluí pães, salgados e doces. O investimento por pessoa é de R$ 100.
Especialista em filosofia clínica, Liana é professora do curso de História da Arte no Solar. Ela comenta a obra mais representativa de Kafka, "A Metamorfose", publicado pela primeira vez em 1915, no o escritor narra a história de Gregor Samsa. O personagem principal um dia acorda transformado em um gigantesco inseto, o que desencadeia uma série de discussões sobre as relações familiares e questões morais da sociedade.
Clube do Livro do Solar do Rosário  - Com a professora Liana Zilver Vivekananda e o tema "A Metamorfose", de Franz Kafka.
Data: terça-feira, 21 de fevereiro
Horário: das 17h às 18h30
Investimento: R$ 100
Informações: (41) 3225-6232

Endereço: R. Duque de Caxias

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

Teatro Gazeta recebe Rindo na Folia


Show de Stand-up para foliões que estiverem em São Paulo durante o período do carnaval





Durante todo o carnaval, de 24 a 28 de fevereiro, São Paulo receberá a primeira edição do "Rindo na Folia" do projeto Rindo! No total, serão cinco shows de humor que reúnem grandes stand-up Comedians da capital no palco do Teatro Gazeta.
O projeto veio para conquistar o público. Segundo Marco Zenni, humorista e curador do evento, o sucesso das edições se dá pelo contexto que envolve a proposta: elenco variado e de boa qualidade, realização em períodos específicos e, muitas vezes, menos movimentados de produções, além da adesão do público ao formato "Stand-up Comedy".  Todas as noites sete humoristas sobem ao palco, entre eles: *Marco Zenni, Victor Sarro, Renato Albani, Ane Freitas, Dihh Lopes, Mehll Marrer, Dinho Machado, Márcio Américo, Santiago Mello, Rogério Morgado, Adalberto Lopes, David Mansour, Cris Paiva, Zé Neves, Nil Agra, Fábio Gueré, Victor Camejo, Luiz França, André Santi, Thiago Carvalho, Rudy Landucci, Zé Neves, Osmar Campbell, Rodrigo Cáceres, Ariana Nutt, Michele Machado, Robson Nunes, Patrick Maia e Afonso Padilha. No estilo tradicional: um palco, um microfone e ainda com o adicional de tornar o Carnaval mais animado!
*elenco rotativo, confira a programação no site do teatro: www.teatrogazeta.com.br
*ELENCO SUJEITO A ALTERAÇÃO SEM AVISO PRÉVIO.
PROGRAMAÇÃO
Dia 24 de Fevereiro às 20H00
Marco Zenni
André Santi
Renato Albani
Victor Camejo
Ane Freitas
Dihh Lopes
Thiago Carvalho

Dia 25 de Fevereiro às 21H00
Marco Zenni
Patrick Maia
Mehll Marrer
Dinho Machado
Rudy Landucci
Marcio Américo
Santiago Mello

Dia 26 de Fevereiro às 20H00
Marco Zenni
Afonso Padilha
Victor Sarro
Rogério Morgado
Rodrigo Cáceres
Fábio Gueré
Adalberto Lopes

Dia 27 de Fevereiro às 21H00
Marco Zenni
André Santi
Osmar Campbell
Luiz França
David Mansour
Cris Paiva
Zé Neves

Dia 28 de Fevereiro às 21H00
Marco Zenni
Patrick Maia
Rogério Morgado
Nil Agra
Ariana Nutt
Robson Nunes
Michele Machado
SERVIÇOS
Rindo na Folia!
Elenco: Marco Zenni, Victor Sarro, Renato Albani, Ane Freitas, Dihh Lopes, Mehll Marrer, Dinho Machado, Márcio Américo, Santiago Mello, Rogério Morgado, Adalberto Lopes, David Mansour, Cris Paiva, Zé Neves, Nil Agra, Fábio Gueré, Victor Camejo, Luiz França, André Santi, Thiago Carvalho, Rudy Landucci, Zé Neves, Osmar Campbell, Rodrigo Cáceres, Ariana Nutt, Michele Machado, Robson Nunes, Patrick Maia e Afonso Padilha.
Período: De: 24 a 28 de Fevereiro de 2017
Horários:
Dia 24, Sexta Feira às 20H00
Dia 25, Sábado às 21H00
Dia 26, Domingo às 20H00
Dia 27, Segunda Feira às 21H00
Dia 28, Terça Feira às 21H00
Local: Teatro Gazeta 
Gênero: Comédia / Stand-up
Duração: 80 minutos
Classificação: 14 anos
Bilheteria: Avenida Paulista, 900, térreo
Dias e horários de funcionamento: De terça a Domingo, das 14:00 até o início do último espetáculo.
Estacionamento Conveniado: MultiPark de quinta-feira à domingo /Rua São Carlos do Pinhal, 303 - Subsolo.
Telefone da bilheteria: (11) 3253.4102                      
Produção Executiva: Ana Paula Lima